Blog do Andreoli

CURTAS DO ANDREOLI - Tchau Ajucel, bem vindo E-Cidades - por Paulo Andreoli

PUBLICADO EM 14/03/2017

Um pesado jugo que o Portovelhense carregava nas costas, apeou de nosso lombo. Graças ao bom senso do atual mandatário da capital.

Estou falando do contrato com a AJUCEL, empresa que alugava Software de gerenciamento para a Prefeitura de Porto Velho. Foram anos de contrato. No ano passado, uma denúncia sobre a licitação de cerca de 35 milhões de reais para recontratação da empresa e que tirou três concorrentes da frente da Ajucel foi produzida aqui no Rondoniaovivo. (leia aqui)

Denúncias de reconhecimento de dívida por parte da SEMAD com a empresa também foram feitas ao MP – Ministério Público Estadual.

Ainda no final do ano passado, produzi artigo sobre licitação que havia voltado a tramitar e novamente com ‘preferencia’ pela empresa que já detinha o contrato. (leia aqui)

Pois bem, o prefeito Hildon Chaves acabou com esta sangria desatada.

No diário oficial de quarta-feira (8 de março) publicou dois atos importantes. Na página 10, revogou o pregão que visava contratar empresa para a tecnologia da informação, cujo contrato é a Ajucel detentora atualmente.

E logo na capa do DOM – Diário Oficial do Município, o decreto 14.410, que “dispõe sobre a adoção no âmbito do município, como estratégia de governo o Software de Gestão Pública eCidade, disponibilizado no Portal do Software Público Brasileiro – SPB”.

Resumindo em miúdos, de 35 milhões de reais, vamos pagar cerca de 5 milhões para customizar o E-cidades e depois, será de Porto Velho o sistema de gerenciamento, reduzindo drasticamente a despesa anual com este tipo de serviço.

Um ponto para Hildon Chaves, que a cada dia que passa, mostra que não está de brincadeira, muito menos de ‘passagem’ pela capital. Um detalhe, a Assembleia Legislativa de Rondônia continua com contrato com a "microsoft de Rolim de Moura". Resta saber até quando.

Paulo Andreoli