close
logorovivo2

PLANTIO: Apesar de dólar baixo e guerra comercial americana, produtores esperam boa safra de soja

Plantio de 140 mil hectares está a todo vapor na região

FOLHADOSULONLINE

22 de Outubro de 2018 às 11:08

PLANTIO: Apesar de dólar baixo e guerra comercial americana, produtores esperam boa safra de soja

FOTO: (folhadosulonline)

O plantio de soja na região de Cerejeiras continua a todo vapor. Sendo uma das principais alternativas econômicas dos municípios do interior do Cone Sul, o cultivo de soja atualmente na região não depende apenas das habilidades do produtor rural, mas também da conjuntura do mercado nacional e internacional de grão.



Pelo menos três preocupações marcam os produtores rurais neste momento.



A primeira preocupação será com a guerra comercial entre os Estados Unidos e a China. Como noticiou uma reportagem do jornal (impresso) FOLHA DO SUL há duas semanas, produtores rurais de Cerejeiras estão com um olho nas próximas decisões do presidente americano, Donald Trump, em relação à taxação dos produtos chineses.



Pelo menos até o momento, a guerra comercial está ajudando os plantadores de soja brasileiros. No longo prazo, porém, a expectativa dos especialistas que é sobre algumas consequências negativas para os sojicultores nacionais.



A segunda preocupação é com o dólar. Com a possível (e esperada pelos produtores rurais) vitória do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), a moeda americana poderá voltar à casa dos R$ 3,50, na expectativa do mercado. O problema, no entanto, é que os produtores rurais da região já compraram os insumos, como defensivos agrícolas e sementes, com o dólar de R$ 4,20.

 



EXPECTATIVAS


Apesar das realidades do mercado externo, ainda imprevisível, os produtores estão otimistas. O clima desta safra e o bom preço da soja deverão ajudar. 

 


VOLUME DE PRODUÇÃO


O Brasil deve cultivar cerca de 36 milhões de hectares na cultura da soja. 



Em Rondônia, a área total de soja para a próxima safra será um pouco mais de 350 mil hectares. 



Cerca de 145 mil hectares são cultivados na região do baixo Guaporé, centralizado no município de Cerejeiras.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS