close
logorovivo2

Follmann tem alta da UTI e fica próximo de voltar a Chapecó

Follmann deixou a cidade colombiana de Medellín na segunda-feira e chegou na capital paulista na madrugada desta terça-feira. No mesmo dia, o arqueiro foi submetido a uma cirurgia de uma hora e meia para corrigir uma lesão na segunda vértebra cervical e p

TERRA

15 de Dezembro de 2016 às 00:40

Follmann tem alta da UTI e fica próximo de voltar a Chapecó

FOTO: (Divulgação)

Operado na terça-feira, Jackson Follmann se recupera bem de cirurgia na coluna. Apresentando boa evolução, o goleiro recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e foi encaminhado para a Unidade Semi-Intensiva do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, na tarde desta quarta-feira. Caso continue apresentando quadro estável, o goleiro deve ser transferido para Chapecó entre sexta-feira e sábado, para o mesmo hospital onde estão internados o lateral esquerdo Alan Ruschel e o jornalista Rafael Henzel, que também sobreviveram ao trágico acidente aéreo que vitimou 71 pessoas, entre elas 19 jogadores e 24 membros da delegação da Chapecoense.

Follmann deixou a cidade colombiana de Medellín na segunda-feira e chegou na capital paulista na madrugada desta terça-feira. No mesmo dia, o arqueiro foi submetido a uma cirurgia de uma hora e meia para corrigir uma lesão na segunda vértebra cervical e permaneceu internado na UTI.

Além do problema na coluna, o goleiro teve a perna direita amputada após ser resgatado dos destroços do avião. Ele chegou a correr riscos de perder também a perna esquerda, porém o procedimento foi descartado após os médicos do hospital San Vicente, de Medellín, terem controlado as lesões.

Leia o boletim médico do Hospital Albert Einstein sobre o estado de Follmann:

"O jogador de futebol Jackson Follmann foi submetido à correção cirúrgica da fratura do processo odontóide (fixação da segunda vértebra cervical) na tarde de ontem.

Encontra-se internado, em bom estado clínico, consciente, sem déficits motores e sem febre.

Recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva, sendo transferido para a Unidade Semi-Intensiva".

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS