close
logorovivo2

MOMENTO LÍTERO CULTURAL

POR SELMO VASCONCELLOS

10 de Maio de 2019 às 09:07

 

TERESINKA PEREIRA -  Ohio, Estados Unidos da América

 

Membro da Galeria dos Poetas do Momento Lítero Cultural

 

POESIAS

 

MICKEY MOUSE

 

Um rato inteligente

que há 90 anos

influencia

as crianças dos Estados Unidos

e do mundo.

Na correnteza do tempo

Mickey Mouse

revela que o bem

pode fazer rir ou chorar,

mas é uma utopia

que ajuda a viver.

*****

ACABE COM O ÓDIO

           

O ódio é triste e obstinado

e ainda que haja razão

para senti-lo, ele nos

atormenta a alma

sem molestar a quem

o provoca.

Evitar o ódio na nossa mente

é com certeza um modo eficaz

para olvidar o mal,

para semear a paz

nos nossos olhos cansados

e eliminar a sombra

que oculta a grande aventura

que é o bem viver.

*****

OCASO

 

 Você quis

encontrar o ocaso

mas não o reconheceu

quando ele chegou...

*****

NOTRE DAME

   

O fogo não perdoa!

Dizem que o mundo

já se acabou com água

a primeira vez...

Dizem que terminará

em fogo a segunda!

Quem vai se salvar?

 

A catedral mais famosa

do mundo, depois

de 800 anos de virtude

e temor a Deus,

foi castigada pelo fogo!

Será isto o princípio

do final???

*****

NO ESPELHO

     

A luz vem

de um espelho afilado

que reflete

o tamanho do silêncio.

De repente uma tempestade

se arma contra o tempo

e as imagens

viram procissões de versos

que se acendem

entre as linhas do colo:

realidade latente!

****

 METEOROS

     

Nós somos meteoros

infinitamente pequenos,

frágeis, que na Terra

extraviados,

tomamos forma,

em carne e osso,

mais valiosos que o ouro,

o cristal ou a rosa.

Viemos do céu

e algum dia, embora

enterrados na tumba,

regressaremos

ao universo, outra vez

fulgurantes e poderosos

como reconstruidos

meteoros.

*****

MEMÓRIA

         "Algumas vezes

          uma triste memória

          é como uma cicatriz"

                  McArthur Gunter

 

 Assim é a triste memória

de um amor perdido

que ocupa a mente

do triste poeta

convencido de que

a vida é um inverno

aninhado na alma,

fazendo-o prisioneiro

dentro da fortaleza

murada de frios

sonhos vãos.

*****

MEDO

 

Sem luz

sem sol

sem esperança,

a palavra

elabora o medo

no registro

da alma.

Com o tempo,

a humildade

vai trazendo a razão:

não há motivos

para ter medo!

*****

 

MAIS COLUNAS

Selmo Vasconcellos

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS