close
logorovivo2

Licitações irregulares agravam situação dos deputados

Os senadores da Comissão Externa que estiveram nessa quarta-feira (29) na capital ficaram impressionados com a apuração da PF/RO sobre as licitações irregulares ocorridas na Assembléia Legislativa do Estado. Saiba mais.

DA REDAÇÃO

30 de Junho de 2007 às 11:26

Licitações irregulares agravam situação dos deputados

FOTO: (Divulgação)

*Com a vinda a Porto Velho na quarta-feira (29) dos senadores - Demóstenes Torres (PFL-GO), Sibá Machado (PT- AC) e Amir Lando (PMDB-RO) ?, que integram a Comissão Externa que investiga os casos de corrupção que envolvem o governador Ivo Cassol e os parlamentares da Assembléia Legislativa do Estado (ALE/RO), referente às fitas exibidas na mídia nacional, foi feito o acompanhamento prévio sobre as investigações que a Polícia Federal realiza em cima do material apreendido na Assembléia nas últimas semanas. *Os senadores se reuniram com promotores , delegados, recolheram documentos sobre contratos e folhas de pagamento paralelas. Uma fraude que, segundo a Polícia Federal, envolve 23 dos 24 deputados estaduais. *Na rota de visitações da Comissão foi incluído ainda Controladoria Geral do Estado, Ministério Público Estadual e Tribunal de Justiça. *Com as documentações recolhidas no setor financeiro da Assembléia Legislativa pela Polícia Federal constatou-se as irregularidades do desvio de dinheiro através do uso de ?laranjas?, mas os senadores ficaram impressionados com a apuração sobre as licitações irregulares. *Um dos casos que chamou a atenção ocorreu recentemente foi quando em 2004 a Assembléia Legislativa abriu concorrência para comprar computadores e programas para a sede em Porto Velho e mais 51 representações no estado o valor do contrato foi de R$ 26.705 milhões, de acordo com a Polícia Federal, muito acima do preço de mercado. *Outra irregularidade conferida pela Polícia Federal, através dos documentos apreendidos, foi o valor de R$ 522 mil pagos a uma produtora para a gravação de cinco sessões e uma audiência pública em seis DVDs. De acordo com o delegado Sandro Avelar, o pagamento acontecia antes mesmo da apresentação das notas fiscais pertinentes sobre o serviço a ser executado. *Um relatório sobre a situação na ALE/RO vai ser encaminhado para o presidente Luiz Inácio ?Lula? da Silva, para o presidente do Senado, Renan Calheiros e para a Justiça do estado. *Segundo os senadores que integram a Comissão, pelo que foi visto na quarta-feira, as provas reunidas pela Polícia Federal são contundentes e tem poder de fogo suficiente para pedir a cassação dos deputados estaduais acusados de roubar dinheiro público. *?Confiamos que o próprio estado de Rondônia tenha sensibilidade de resolver esse problema e afastar esses delinqüentes?, disse o senador Demóstenes Torres.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS