close

Roraima - Justiça condena homem que tentou matar desafeto por causa de cigarro

Roraima - Justiça condena homem que tentou matar desafeto por causa de cigarro

DA REDAÇÃO

1 de Setembro de 2008 às 08:18

 Roraima  - Justiça condena homem que tentou matar desafeto por causa de cigarro

FOTO: (Divulgação)

O Tribunal do Júri Popular condenou ontem, a quatro anos de prisão em regime semi-aberto, Alan Ulysses da Silva Santos, que em junho de 2001 deu três facadas em um homem. O crime foi cometido por motivo fútil em um bar do bairro Cauamé. O réu estava na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo desde o crime. Ele foi defendido pela Defensoria Pública. Segundo a Justiça, a tentativa de homicídio foi qualificada, por ter sido cometida por motivo fútil. Alan teria pedido um cigarro para a vítima que se negou a dar o cigarro, segundo consta na denúncia. Isso motivou uma discussão e Ulisses esfaqueou o outro. Vítima e acusado não se conheciam.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS