close
logorovivo2

Moradores de bairro localizado no ponto extremo da capital denunciam estado de penúria – Confira fotos

Moradores de bairro localizado no ponto extremo da capital denunciam estado de penúria – Confira fotos

DA REDAÇÃO

22 de Abril de 2009 às 11:02

Moradores de bairro localizado no ponto extremo da capital denunciam estado de penúria – Confira fotos

FOTO: (Divulgação)

Moradores do bairro Fortaleza, localizado no extremo setor Leste da capital rondoniense, denunciaram ao Rondoniaovivo.com o estado de penúria que se encontra aquela região, dando ênfase, principalmente, sobre os efeitos alagadiços causados pelas chuvas intensas que tem caído sobre a cidade nos últimos dias. Três vias públicas que dão acesso ao bairro se encontram em estado crítico, a saber: as ruas Celebridade, Liberdade e Aparecida.
 
Pais dos alunos da escola Municipal XII de Outubro estão ficando preocupados com a situação do bairro, pois os alagamentos se tornaram constantes. Por não ter drenagem nas ruas ou sistema de esgoto as águas estão tomando conta de parte das casas. Moradores disseram à reportagem que cobras do tipo Sucuri, de grande porte, caramujo africano e sanguessugas estão aparecendo com mais freqüência em todo o bairro nos três períodos do dia.
 
De acordo com relatos de duas crianças que moram no Fortaleza há dois dias, ambos encontraram uma cobra e em seguida ligaram para o Corpo de Bombeiros, informando sobre a mesma, pois estava deixando crianças e adultos com receio de que algo pudesse ocorrer. Porém, segundo as crianças, a resposta dos Bombeiros Militares foi que não tinha como resgatá-la, pois não havia lugar apropriado para colocar o réptil na capital.
 
LAMA E MELHORIAS
 
Josélia Santos, moradora do bairro há mais de quatro anos, disse para a reportagem que com a vinda da empresa Makro, as condições do bairro ficariam melhores, mas nada do que ela e parte da comunidade daquele setor ansiavam aconteceu. “Todos os dias eu vou trabalhar com duas sacolas nos pés para chegar toda cheia de lama no trabalho”, disse a moradora.
 

Sem distribuição de rede elétrica adequada e com portes improvisados de madeira no local, não existe iluminação. Para completa a situação crítica no bairro Fortaleza a falta de saneamento básico tem levado dezenas de crianças para os postos municipais com sintomas de doenças como: Malária, Dengue e Leptospirose.

CONFIRA FOTOS:

 

 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS