close

Governo do Estado inicia os trabalhos para asfaltar ruas da zona Leste da capital

Governo do Estado inicia os trabalhos para asfaltar ruas da zona Leste da capital

DA REDAÇÃO

1 de Julho de 2010 às 13:04

Governo do Estado inicia os trabalhos para asfaltar ruas da zona Leste da capital

FOTO: (Divulgação)

A empresa responsável pelo asfaltamento de 12 ruas no bairro Jardim Santana, zona Leste de Porto Velho, como parte do Programa de Pavimentação Urbana do Governo do Estado, iniciou na manhã dessa quinta-feira (1/07) o serviço de tratamento de solo na rua Goiatuba, que será a primeira via do bairro a receber a camada asfáltica.

 

No Jardim Santana serão asfaltadas as seguintes ruas: Goiatuba, Morrinhos, Jataí, Caldas Novas, Viamão, Catalão, Herechim, Gramado, Aruanã, Uruaçu, Larangoto, e Turmalina. A zona Leste será contemplada com 14,7 quilômetros de asfalto. Os benefícios também foram estendidos aos bairros Ulisses Guimarães, São Francisco, Marcos Freire, Igarapé e Escola de Polícia. Na zona Sul os trabalhos já foram iniciados no bairro Cidade do Lobo.

 

Nos bairros da zona Sul serão pavimentados outros 9,4 quilômetros e os distritos de União Bandeirantes, Jaci-Paraná, Vista Alegre do Abunã, Fortaleza do Abunã, Nova Califórnia e Extrema receberão 19,1 quilômetros de asfalto, construídos integralmente pelo Governo do Estado, além de outros 50 municípios e 47 distritos, que também receberão asfaltamento urbano. Na capital as ordens de serviço para o início das obras foram assinadas no último mês, pelo governador João Cahulla.

 

O diretor executivo do Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), Dilmar Golin, destacou que, neste Programa de Pavimentação Urbana o Governo do Estado está investindo recursos na ordem de R$ 113 milhões, oriundos do BNDS, para asfaltar 1.435 ruas, nas regiões mais habitadas e carentes de todos os municípios.

 

Responsável pelas obras na Capital, o engenheiro Almir Campelo disse que as empreiteiras estão cumprindo à risca todas as exigências do contrato, para que as pavimentações tenham a qualidade desejada pelo Governo. “As empresas estão retirando o solo considerado ruim para a pavimentação e fazendo a reposição com material de melhor qualidade, para posterior compactação”, explicou Campelo, acrescentando que, as máquinas começaram a trabalhar agora, mas que o serviço começou bem antes, com a topografia executada pelo DER. 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS