close

ALTA FLORESTA - Assaltantes aterrorizam município

ALTA FLORESTA - Assaltantes aterrorizam município

DA REDAÇÃO

1 de Dezembro de 2011 às 08:39

ALTA FLORESTA - Assaltantes aterrorizam município

FOTO: (Divulgação)

De acordo com funcionários da relojoaria, apenas um assaltante adentrou ao estabelecimento. De arma em punho, anunciou o assaltou, rendeu todos que estavam no recinto, obrigando-os a ir para os fundos da relojoaria. Em seguida, subtraiu algumas joias e uma pequena quantidade em dinheiro. Ao sair do estabelecimento, o meliante se deparou com a Polícia Militar. Ao empreender fuga, abandonou a mochila onde se entravam os pertences da relojoaria.
Na fuga, o assaltante que trajava uma camisa vermelha e calça jeans, roubou uma motocicleta da marca Honda, modelo CG Titan, cor vermelha, placa NEG – 0032, de Alta Floresta, sendo este perseguido por uma viatura da PM. Durante a perseguição, o assaltante efetuou alguns disparos de arma de fogo contra a viatura, acertando o pára-brisa do veículo. Cacos de vidro atingiram o comandante da rádio patrulha. Populares que transitavam pela Avenida Brasil, saída para o município de Santa Luzia, ouviram os disparos e ficaram aterrorizados.
Os policiais militares que saíram em perseguição, não desistiram diante dos tiros, fazendo com que o assaltante abandonasse a motocicleta na Avenida Amazonas, próximo a Rua Tancredo Neves, no Bairro Santa Felicidade.
A quadra foi cercada por policiais militares que receberam reforço de agentes da Polícia Civil.
Horas depois, policiais civis e militares dos municípios de Santa Luzia e Brasilândia integraram na ação policial, no intuito de localizar o assaltante que conforme informações, possui 1,70 de altura.
Na mesma operação, os policiais conseguiram localizar um dos comparsas do assaltante. Trata-se de um rapaz de apenas 21 anos. A polícia não autorizou a divulgação de mais detalhes para não comprometer as investigações.
Uma motocicleta CG Titan de cor preto placa NEG-3591, de Cacoal, também foi aprendida durante a ação. Informações dão conta de que o veículo estava em poder dos assaltantes.
A placa da motocicleta estava adulterada. Fitas isolantes foram coladas junto aos números de identificação, passando a possuir o seguinte numero: 8583. No lugar do número três, eles fizeram parecer um oito, o mesmo com o número nove, que também se transformou em oito.
A delegada titular da Primeira Delegacia de Polícia, Simone Barbieri informou que é preciso fechar a operação para divulgar mais detalhes do ocorrido.
Até o fechamento desta edição policiais civis e militares continuavam envolvidos nos trabalhos em busca de localizar o assaltante que atirou contra a viatura da Polícia Militar.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS