close
logorovivo2

Mutirão de saúde será levado ao presídio federal de segurança máxima

Mutirão de saúde será levado ao presídio federal de segurança máxima

DA REDAÇÃO

19 de Outubro de 2012 às 17:16

Mutirão de saúde será levado ao presídio federal de segurança máxima

FOTO: (Divulgação)

A Justiça Federal, em parceria com o Hospital de Base, Ministério Público Federal, Secretaria Estadual da Saúde, Defensoria Pública da União e direção da Penitenciária Federal do Estado, está organizando uma jornada de prestação de serviços médicos que serão disponibilizados aos internos da Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Porto Velho, nos dias 1, 2 e 3 de novembro, no horário das 9 às 18 horas. Nessas datas, serão oferecidos aos internos daquele estabelecimento prisional atendimentos com especialistas nas áreas de oftalmologista, psiquiatria e cardiologia, dentre outras, sendo o corpo médico auxiliado por enfermeiros e técnicos de saúde. Já nos próximos dias 24 e 30 de outubro, serão executados os serviços de coleta de sangue para exames e realizados os eletrocardiogramas que se fizerem necessários.
Os serviços de saúde prestados aos internos fazem parte do projeto de reinserção social que vem sendo concebido pelo magistrado Marcelo Meireles Lobão, juiz federal corregedor e titular da 3ª vara da Seção Judiciária de Rondônia. Segundo ele, “Ações como essas, a par de auxiliarem na humanização do sistema e observância de normas específicas sobre o direito de qualquer cidadão a tratamento médico adequado, asseguram o controle de doenças comuns em ambientes de clausura, protegendo os internos, agentes penitenciários, familiares e autoridades. Além disso, conferir ao preso tratamento digno é fundamental no processo de reinserção social, manutenção da paz no interior das unidades penitenciárias e combate ao crescimento das facções criminosas que se valem do discurso enganoso de apoio ao preso com o objetivo de angariar seguidores. Prosseguiu ele, “Acho importante destacar a abnegação e solicitude do Dr. Jean e do Dr. Raul, que, além da disponibilização da estrutura do Hospital de Base, ampliando a parceria que já existe entre a Secretaria Estadual da Saúde e a Penitenciária Federal, decidiram se engajar pessoalmente no projeto, inclusive disponibilizando força de trabalho, equipamentos e materiais médicos particulares.“
Para planejar e realizar o mutirão da saúde na Penitenciária Federal, estiveram reunidos na sede da Justiça Federal o juízes Marcelo Meireles Lobão e Juliana Maria da Paixão (da 3ª Vara), a Procuradora da República Renata Ribeiro Baptista (Ministério Público Federal), o Delegado de Polícia Federal Jones Ferreira Leite (Diretor da Penitenciária Federal de Porto Velho), o agente federal André Luiz do Nascimento Guimarães (do serviço de saúde na PFPV), o médico Jean Negreiros (Diretor do Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro), o médico oftalmologista Raul Albino Júnior e o sociólogo Ricardo Rodrigues (servidor da Defensoria Pública da União).
 Essa é a primeira de muitas outras ações que integram o projeto de melhoria do atendimento médico aos internos e que contará com a participação de outras instituições, como a Associação Beneficente Zequinha Araújo, a Igreja Batista das Nações e a Igreja Adventista de Porto Velho.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS