close
logorovivo2

Aeroporto de Porto Velho está exposto a crimes internacionais, afirma sindicato da Polícia Federal em Rondônia

O fato de Porto Velho possuir um aeroporto totalmente desguarnecido de policiamento federal causa preocupação, já que em menos de quatro meses o Brasil sediará a Copa do Mundo e Porto Velho fica bem ao meio de duas cidades sedes, Cuiabá e Manaus.

DA REDAÇÃO

20 de Março de 2014 às 17:01

Aeroporto de Porto Velho está exposto a crimes internacionais, afirma sindicato da Polícia Federal em Rondônia

FOTO: (Divulgação)

Agentes da Polícia Federal protocolaram denuncia na ANAC e INFRAERO.
Seguindo a pauta nacional dos Agentes da Polícia Federal que reivindicam melhorias nas condições de trabalho, reajuste salarial e aumento do efetivo, PF’s de Porto Velho visitaram o Aeroporto Internacional Jorge Teixeira nesta quinta-feira (20).

De acordo com representante do sindicato da categoria, João Bosco, conhecido popularmente como Bosco da Federal, a visita teve como intuito verificar a situação de abandono do posto da Polícia Federal no Aeroporto da capital de Rondônia.

“Aqui em Porto Velho a segurança no aeroporto é zero. Nós temos uma sala toda mobiliada cedida pela INFRAERO, porém pela falta de efetivo ninguém trabalha no local. Acreditamos que isso representa o cenário da má gestão dos órgãos responsáveis pela Polícia Federal”, disse Bosco da Federal.

O fato de Porto Velho possuir um aeroporto totalmente desguarnecido de policiamento federal causa preocupação, já que em menos de quatro meses o Brasil sediará a Copa do Mundo e Porto Velho fica bem ao meio de duas cidades sedes, Cuiabá e Manaus.

“Com relação aos crimes transnacionais hoje o risco em Rondônia é muito alto, sem o devido trabalho da Polícia Federal estamos expostos à tráfico de drogas, atos terroristas, entre outras centenas de problemas que um aeroporto internacional sem fiscalização da Polícia Federal pode trazer à toda sociedade”, falou Bosco da Federal.

Uma denuncia relatando a situação do Aeroporto de Porto Velho foi protocolada pelo Sindicato dos Agentes da Polícia Federal na ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) e INFRAERO (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária). Confira vídeo:

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS