close

PERIGO: Porto Velho está sem vacina anti-rábica nas unidades de Saúde

Nas UPA’s as poucas unidades que chegam se esgotam rapidamente

DA REDAÇÃO

23 de Abril de 2019 às 15:23

PERIGO: Porto Velho está sem vacina anti-rábica nas unidades de Saúde

FOTO: (Divulgação)

A vacina antirrábica humana é um imunobiológico de primeira necessidade nos postos e policlínicas de um município, a sua falta pode levar a óbito uma pessoa severamente afetada pela bactéria da raiva humana. Uma das formas de transmissão da doença é o contato com animais contaminados, como os cachorros através de mordidas; morcegos e gatos.

 

Em Porto Velho, durante à noite desta última segunda-feira (22) não havia nenhum estoque de vacina anti-rábica nos postos de saúde ou Unidades de Pronto Atendimento da capital. Ou seja, se alguém fosse mordido por um animal com raiva, não teria como se vacinar.

 

No Centro de Saúde Maurício Bustani, localizado no bairro Liberdade, foi informado, ontem, que a última vez que receberam as doses da vacina foi na semana passada e eram apenas vinte, que terminaram em menos de dois dias. No local, foi dito também que a situação é a mesma nas UPA’s das zonas Leste e Sul, bem como no Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron).

 

A vacina necessita ser ministrada antes e após a exposição, como vacinação primária ou como dose de reforço. A recomendação oficial do município é de que, quem precisar dessa vacina durante o período diurno pode buscar os postos de saúde, já durante a noite e os finais de semana e feriados, as policlínicas devem ser procuradas. No entanto, essa recomendação parece não estar sendo seguida.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS