close

TRANSPORTE ESCOLAR: Promotor e secretário de Educação se reúnem com moradores de Extrema

A comunidade fechou recentemente a BR 364 em protesto pela falta de transporte para os alunos da região

DA REDAÇÃO

24 de Abril de 2019 às 12:06

TRANSPORTE ESCOLAR: Promotor e secretário de Educação se reúnem com moradores de Extrema

FOTO: (Divulgação)

O problema do transporte escolar rural para os alunos da rede pública de ensino na região da Ponta do Abunã, que abriga quatro distritos de Porto Velho, está sendo debatido em uma reunião que acontece na manhã desta quarta-feira (24), na escola Jayme Peixoto de Alencar, em Extrema de Rondônia.

 

Essa reunião com os moradores da região conta com a participação do promotor de Justiça, Marcelo Lima, e do secretário municipal de Educação, Márcio Felix. Eles estão ouvindo as reivindicações dos moradores que, recentemente, bloqueou o acesso da BR-364 em protesto a esse problema.

 

Atualmente o problema vem sendo parcialmente resolvido com o deslocamento de uma pequena frota de ônibus enviado para essas localidades. Porém, os veículos eram velhos e alguns deles já apresentaram problemas mecânicos e deixaram alunos de linhas rurais sem acesso à escola.

 

Durante a conversa, os representantes do Ministério Público de Rondônia afirmaram que os problemas envolvendo o contrato de serviço de transporte escolar rural e fluvial em Porto Velho vem ocorrendo desde o ano de 2009 e tem relação com a extensa malha viária da capital rondoniense.

 

A falta de transporte escolar para os estudantes de linhas rurais e comunidades ribeirinhas está afetando o calendário escolar desde 2017 nessas regiões, problema que vem se agravando, visto que se aproxima o mês de maio e a questão não foi solucionada.

 

O promotor Marcelo Lima é o autor da denuncia que acusa Hildon Chaves por crime de Improbidade Administrativa em decorrência do prejuízo aos alunos fora da escola em Porto Velho.

 

 

Recentemente imagens (foto) mostrando o promotor Marcelo e o prefeito Hildon Chaves posando juntos em eventos com familiares, dando a impressão que eles teriam uma relação de proximidade circularam nas redes sociais, fato que não impediu o representante da Justiça de proceder seu trabalho denunciando Chaves.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS