close

RIBEIRINHOS: Transporte escolar fluvial continua sem previsão de retorno

Para atender regiões onde há dificuldade na trafegabilidade, o Município solicitou ajuda do Estado para que auxilie na manutenção das estradas rurais

ASSESSORIA

29 de Abril de 2019 às 14:52

RIBEIRINHOS: Transporte escolar fluvial continua sem previsão de retorno

FOTO: (Assessoria)

O Transporte escolar, nas comunidades localizadas na margem esquerda do rio Madeira, em Porto Velho, deve ser normalizado na próxima segunda-feira (6/5), segundo garantiu, nesta segunda-feira (29/4), o secretário de educação do Município, Márcio Félix, durante reunião com manifestantes que bloquearam a BR-319, no cruzamento com a avenida Farquhar.

 

 

O bloqueio da via acabou depois que o secretário e um representante da empresa Freitas, responsável pelo transporte, informaram que todas as medidas já estão sendo tomadas para que os ônibus comecem a circular. Márcio Félix explicou que existe um contrato emergencial em andamento que, através da Justiça, autorizou à empresa Freitas assumir os lotes que foram dispensados por outras duas empresas que realizavam o serviço.

 

Após a assinatura desse novo contrato, realizado no último dia 5, a empresa Freitas teve estipulado prazo, até o dia 30 de abril, para colocar em atividade 25 ônibus. Para atender regiões onde há dificuldade na trafegabilidade, o Município solicitou ajuda do Estado para que auxilie na manutenção das estradas rurais.

 

 

Transporte Fluvial

 

Nessa mesma manhã, Márcio Félix se reuniu como moradores de regiões que são atendidas pelo transporte escolar fluvial. Ele reforçou que toda a equipe da Semed está mobilizada para solucionar a questão do transporte escolar e que logo o serviço será normalizado.

 

Não estamos de braços cruzados, pelo contrário, estamos correndo contra o tempo, buscando ajuda do Ministério Público, da Justiça, de demais órgãos, para que consigamos resolver essa problemática”, completou acrescentando que o calendário rural iniciou no dia 1º de abril e que todas as aulas perdidas serão repostas.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS