close

IMPEACHMENT: Vereadores podem ser obrigados a ler denúncia contra Hildon Chaves

Em situações anteriores semelhantes a esta, a Câmara Municipal optou arquivamento

RONDONIAOVIVO

11 de Junho de 2019 às 16:31

IMPEACHMENT: Vereadores podem ser obrigados a ler denúncia contra Hildon Chaves

FOTO: (Divulgação)

O pedido de impeachment do prefeito Hildon Chaves (PSDB) segue passando desapercebido pela maioria  absoluta da Câmara de Vereadores de Porto Velho. Acusado de ter dado anuência a contratos irregulares e ter promovido graves irregularidades administrativa, o alcaide da capital rondoniense não deu nenhum pronunciamento sobre esse fato.

 

Apenas duas vozes até o momento foram enfáticas durante fala em plenário cobrando a leitura do pedido, que deveria ser feito antes da abertura da primeira sessão após o recebimento da denuncia na Casa de Leis. Isso não aconteceu em nenhuma das três oportunidades em que o afastamento do tucano fosse solicitado.

 

Alekis Palitot e Ada Dantas Boabaid foram os vereadores que alertaram para a possibilidade da Câmara estar cometendo uma ilegalidade ao fazer vistas grossas ao cabedal de denuncias que foram impetrados em todos os gabinetes do parlamento mirim. O ponto de vista de ambos os legisladores é o mesmo, o de que é preciso dar andamento aos trâmites com a leitura do pedido e depois se analisa sua procedência ou não.

 

O autor dessa denuncia, o cidadão Domingos Borges, que perdeu a primeira batalha na Justiça na tentativa de obrigar os vereadores a lerem o texto em plenário, teve seu pedido de tutela antecipada indeferido, porém agora recorre e aguarda o novo posicionamento do judiciário rondoniense sobre o caso.

 

Para Carlos Caldeira, articulista político responsável por três pedidos de impeachment contra Hildon Chaves na Câmara Municipal, existe uma grande possibilidade dessas denuncia tomar o mesmo destino que as dele, que é o arquivamento sumário.

 

Porém, a paralisação do serviço de transporte escolar, o cambaleante sistema de transporte coletivo, os graves problemas urbanos e de infraestrutura, aliados a denuncias de má administração e dezenas de viajem de Hildon ao exterior, podem acender o pavio da indignação coletiva.

 

Um protesto em frente e dentro da Câmara de Vereadores vem sendo articulado pela comunidade revoltada com os graves e prejudiciais problemas causados à cidade de Porto Velho e seus habitantes. A comunidade vem exigindo a leitura da denuncia e seu andamento, que culminaria com o afastamento de Hildon durante a apuração dos fatos.

 

Por enquanto, resta aguardar qual será o entendimento do Judiciário frente à esse caso que vem travando a pauta política e deixando Porto Velho na lista de prefeitos denunciados.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS