close

REUNIÃO: Sindsaúde não aceita escala recomendada pelo Sírio Libanês para enfermagem

A Sesau aceitou o pedido dos servidores e pediu a manutenção da escala com revezamento nos intervalos de almoço

ASSESSORIA

19 de Fevereiro de 2020 às 08:42

REUNIÃO: Sindsaúde não aceita escala recomendada pelo Sírio Libanês para enfermagem

FOTO: (ASSESSORIA)

Na manhã desta terça-feira (18), representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado de Rondônia (SINDSAÚDE) participaram de uma reunião na Secretaria de Estado da Saúde (SESAU) para tratar sobre a escala de enfermagem do centro cirúrgico e da UTI do Hospital de Base.

 

O Hospital Sírio Libanês, em parceria com a Sesau, apresentou uma mudança na escala dos profissionais da enfermagem para cumprirem as jornadas de trabalho 6/1 (segunda a sábado de 7h às 13h).

 

O SINDSAÚDE e outros sindicatos da saúde presentes se recusaram em aceitar a proposta e mantiveram a escala que os profissionais já realizam de 12/36 horas.

 

Os servidores já trabalham em regime 12/36 há anos, são profissionais qualificados, que realizam seus ofícios de maneira árdua e com grande competência. Atendemos um pedido da categoria e nada será alterado", explicaram Dr. Jeová Canuto, secretário geral e Maicon Martins, secretário de assuntos jurídicos do SINDSAÚDE.

 

A SESAU aceitou o pedido dos servidores e pediu a manutenção da escala com revezamento nos intervalos de almoço, não causando prejuízo ao centro cirúrgico, bem como a UTI do Hospital de Base.

 

Além do Sindicato dos Trabalhadores de Saúde do Estado de Rondônia, participaram da reunião Sindicato dos Profissionais em Enfermagem de Rondônia (SINDERON), Sindicato dos Trabalhadores no Poder Executivo do Estado de Rondônia (SINTRAER), Deputado Estadual Dr. Neidson e o Secretário de Saúde do Estado, Dr. Fernando Máximo. 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS