close

CONSÓRCIO DA MACONHA: PM descobre “consórcio” para comprar maconha e 8 são presos

Casa usada como “centro de distribuição” fica no bairro São José

FOLHA DO SUL ONLINE

19 de Outubro de 2019 às 10:17

CONSÓRCIO DA MACONHA: PM descobre “consórcio” para comprar maconha e 8 são presos

FOTO: (Divulgação)


Informado de que, todas as sextas-feiras, dois vilhenenses, um de 25 anos, e outro de 23, recebiam carregamentos de drogas vindo da cidade de Ji-Paraná (RO), o Núcleo de Inteligência da PM passou a monitorar a dupla suspeita.


 
E, na noite de ontem, quando os policiais tentaram abordar o líder da distribuição do entorpecente em Vilhena (RO), identificado como “Espicha”, 41 anos, ele fugiu na moto que pilotava. Durante a perseguição, o suspeito acabou caindo. Em suas roupas, foi encontrado um tablete de maconha.
 


Enquanto isso, a PM permanecia na casa de outro suspeito, no bairro São José. Já cientes de que a residência servia como centro de distribuição da droga, os policiais arrombaram o portão e invadiram o imóvel.
 


Percebendo a ação policial, alguns rapazes que estavam na casa tentaram fugir, pulando muros e telhados, mas acabaram capturados. No local, foram encontrados vários tabletes de maconha.
 


Os dois rapazes de Ji-Paraná, que haviam locado um carro naquela cidade para trazer a droga até Vilhena, foram presos. No veículo, mais uma grande quantidade da erva também foi achada pelos policiais.


 
Assim, os 8 rapazes envolvidos no tráfico foram presos. Para a polícia, o grupo havia formado uma espécie de “consórcio” para adquirir a maconha em Ji-Paraná e distribuir em Vilhena.


 
O jornal esteve na Unisp, e conversou com os integrantes do grupo. Eles afirmaram que a maconha apreendida era “apenas para consumo”
 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS