close
logorovivo2

CASA DO ANCIÃO - MP obtém condenação e perda de função de servidores

MP obtém condenação e perda de função de servidores

DA REDAÇÃO

9 de Outubro de 2013 às 11:09

CASA DO ANCIÃO - MP obtém condenação e perda de função de servidores

FOTO: (Divulgação)

MP obteve condenação e perda de função dos ex-servidores da Casa do Ancião, Mário Carneiro de Oliveira, assistente social, Patrícia Aparecida Mageski, técnica em enfermagem, e Daniela Pereira Braga, ex-diretora da Casa, acusados de apropriação indébita de dinheiro de idosos internos daquela instituição.
O Caso foi denunciado pelo MP, através do promotor de Justiça Ivanildo de Oliveira, da Promotoria de Justiça da Cidadania, que apurou o envolvimento dos acusados Mario Carneiro de Oliveira e Patrícia Aparecida Mageski na subtração dos rendimentos dos idosos Elmer Ergon Shimidttke, 80, e Antônio Remundo, 87. O casal chegou a transferir um dos idosos da Casa do Ancião para outra casa de atendimento a idosos, na intenção de ocultar a apropriação indébita, o que foi descoberto quando a vítima foi identificada por uma antiga colega de trabalho.
Outra vítima foi a abrigada Geracilda Peixoto Silva, idosa que teve a quantia de R$ 2.720,00 (dois mil, setecentos e vinte reais) indevidamente apropriada pela então diretora da Casa, Daniela Pereira Braga. Daniela fez a devolução do dinheiro à vítima, buscando ser beneficiada pelo arrependimento posterior (art. 16 do Código Penal), o que restou infundado.
As penas impostas aos acusados, pela 2ª Vara Criminal de Porto Velho, foram perda do cargo/função pública para todos os envolvidos, pena de 10 anos de reclusão para Mário Carneiro de Oliveira, 5 anos de reclusão para Patrícia Mageski e penas restritivas para Daniela Pereira Braga, todos condenados pela pática do delito de Peculato.
 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS