69 99981-5823 | 69 3229-8673

Logo Rondoniaovivo - Notícias, Classificados e Banco de Empregos de Rondônia

Sexta-Feira, 15 de Dezembro de 2017


Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017 às 17:11

69 99353-3037 COMUNICAR ERRO

Após decisão de Janot, goleiro Bruno pode voltar à prisão

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu na quarta-feira a revogação da liminar do ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), que permitiu a soltura do goleiro Bruno, condenado pela morte de sua ex-namorada Eliza Samudio. Bruno foi solto em 24 de fevereiro e espera o julgamento do habeas corpus na primeira turma do STF.

Além de pedir a revogação da liminar, Janot também indeferiu o pedido de habeas corpus feito pela defesa.

Para Janot, o habeas corpus apresentado pela defesa de Bruno já havia sido negado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), não cabendo ao STF dar prosseguimento ao pedido.

O procurador ainda refuta a tese da defesa do goleiro, sobre a demora do julgamento de um recurso no Tribunal de Justiça de Minas Gerais enquanto ele seguia preso.

Janot afirma que a própria defesa tem contribuído para o prolongamento do prazo criminal e que “a duração razoável do processo deve ser deferida à luz da complexidade dos fatos e do procedimento, bem como a pluralidade de réus e testemunhas”

Bruno foi condenado em 2013 pelo assassinato e ocultação de cadáver de Eliza Samudio e também pelo sequestro e cárcere privado do filho. Ele acabou solto em 24 de fevereiro, após cumprir seis anos e sete meses de detenção em regime fechado.

Fora da prisão, Bruno fechou um contrato com o Boa, clube mineiro de Varginha, em 10 de março. O time recebeu inúmeras críticas pela contratação nas redes sociais, nos treinos e até nas partidas disputadas. Com o pedido de Janot, no entanto, o retorno do goleiro aos gramados pode durar menos do que o esperado.


Fonte: Exame

Tag's: Rondoniaovivo, Decisão, Janot, Bruno, Prisão.

GOSTOU DA MATÉRIA, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS E FAMILIARES:

69 99353-3037




PUBLICIDADE




Polícia | 11:20
URGENTE: Cadáver em decomposição é encontrado em mata na zona Sul

Rondônia | 11:08
Ameron lança 'Fala Magistrado' nas redes sociais

Rondônia | 11:04
Doação de leite materno alimentou mais de 600 bebês da UTI do HB

Brasil | 10:38
França quer proibir menores de 16 anos em redes sociais sem autorização dos pais

Cultura | 10:31
Espetáculo de dança de salão ’50 Tons’ nesta sexta-feira, no Teatro Guaporé

Brasil | 10:17
Juiz suspende efeito de MP de Temer que reajusta contribuição previdenciária

Rolim de Moura | 10:11
Acusado de homicídio que chocou população no ano de 2010 é preso

Cultura | 10:14
Tem Ernesto Melo e a Fina Flor do Samba nesta sexta, no Mercado Cultural

Conexão Rondoniaovivo | 10:03
CONEXÃO RONDONIAOVIVO: Destaques e entrevista com o vereador Zequinha Araújo

Alto Paraíso | 09:58
Foragido da Justiça é executado a tiros

Brasil | 09:54
Ministro Gilmar Mendes e Joesley mantinham relação comercial e amigável, diz revista

Vilhena | 09:45
CASSITERITA: Carreta carregada com minério é apreendida em Vilhena

Jaru | 09:41
TRÁFICO: Mulher é presa com drogas e simulacro

Brasil | 09:40
NA CONTA: Receita paga hoje último lote da restituição do imposto de Renda

Comércio e Indústria | 09:37
O Boticário celebra a beleza de unir as pessoas neste Natal

Ji- Paraná | 09:36
CONCURSO: Abertas inscrições para Prefeitura de Ji-Paraná; salários chegam a R$ 9 mil

Esportes | 09:27
Wanderley Correa em bate papo com Robson Ramos

Polícia | 09:29
PARAPLÉGICO: Assaltante é baleado após roubar moto de mulher na capital

Cacoal | 09:20
BICHO PAPÃO: Após troca de tiros, fugitivo mata traficante e morre

Vilhena | 09:17
Motorista com sinais de embriaguez se choca contra poste

Cacoal | 09:13
MP vai investigar município e Havan por construção em área de preservação

Rondônia | 09:04
MPC-RO conquista prêmio por ação inovadora

Ouro Preto do Oeste | 09:04
Falso enfermeiro furta mais de R$ 4 mil de idoso de 78 anos