69 99353-3037 | 69 3225-5866

Logo Rondoniaovivo - Notícias, Classificados e Banco de Empregos de Rondônia

Quinta-Feira, 17 de Agosto de 2017


Segunda-Feira, 19 de Junho de 2017 às 09:01

69 99353-3037 COMUNICAR ERRO

Campanha Salarial 2017: Governo descarta negociação de reajuste salarial

Alegando falta de previsão orçamentária, o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão descarta abertura de negociação de reajuste salarial a nenhuma categoria de servidores públicos federais. A justificativa é a nefasta Emenda à Constituição n° 95/2016 (antiga PEC N° 55/16), que limita por 20 anos os gastos públicos. A informação foi anunciada em reunião dia 12 de junho, com representantes de entidades do funcionalismo federal.

 

Participaram da reunião os secretários-gerais Sérgio Ronaldo da Silva, da Condsef/Fenadsef, e Oton Pereira Neves, do Sindsep-DF, além de representantes da Fenasp e da FNTSS. Representando o governo, o Secretário-Adjunto de Gestão de Pessoas, Fernando Antônio Braga de Siqueira Júnior, e o Diretor do Departamento de Relações de Trabalho no Serviço Público, José Borges de Carvalho Filho.

 

Segundo o Ministério do Planejamento, em cumprimento ao teto estabelecido pela Emenda n° 95/2016, somente após o cálculo dos gastos com abatimento do dispêndio com aumentos já concedidos até 2019 a diversas carreiras do funcionalismo que celebraram convênio com o governo por três anos, com progressões automáticas de servidores e com pagamento de ações judiciais, o governo poderá afirmar se haverá sobra de recursos para negociar reajuste salarial.

 

Mesmo assim, a CONDSEF/FENADSEF juntamente com o Fórum de Entidades continuam trabalhando incansavelmente para que o governo abra as negociações para garantir o reajuste salarial dos servidores públicos federais. A pauta de reivindicação da Campanha Salarial de 2018, foi entregue ao Governo em fevereiro de 2017.


Fonte: Assessoria

Tag's: Rondoniaovivo, rondonia, porto velho, sindicato, noticia, noticias

GOSTOU DA MATÉRIA, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS E FAMILIARES:

69 99353-3037




PUBLICIDADE





Geral | 22:43
Apagão atinge o Acre e RO na noite desta quinta-feira, 17

Política | 22:33
Bombardeados por críticas, deputados decidem revogar, às pressas, auxílio alimentação de R$ 6 mil, mas vão continuar tendo direito a R$ 9 mil

Polícia | 21:01
OMISSÃO: Casal em moto deixa pedestre inconsciente e foge sem prestar socorro

Esportes | 17:52
INTERDISTRITAL - Fortaleza do Abunã e Abunã são campeões do torneio

Rondônia | 17:41
Abertas disputas do I Encontro da Amizade dos Servidores Federais

Cultura | 17:56
Concorra a ingressos para o circo American

Política | 17:36
Cleiton Roque trata de liberação de emendas com prefeito de São Felipe

Rondônia | 17:31
ASTIR: Nota de agradecimento

Rondônia | 17:24
5 Dicas para produzir vídeos de qualidade com THIAGO OLIVEIRA

Comércio e Indústria | 17:19
Conheça o Atacadão da Madeira

Cultura | 16:26
CINE VENEZA: Confira a programação desta semana

Política | 16:27
Cristiane Lopes reivindica regularização do terreno da Cesmazza

Rondônia | 16:21
RONDÔNIA: Deputados aprovam auxílio-alimentação no valor de R$ 6 mil

Polícia | 16:06
ARIQUEMES:Em menos de 15 dias mais dois presos fogem do novo presídio

Geral | 16:02
Missa 7º dia - Marina Souza da Fonseca

Brasil | 15:57
Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 26 milhões

Rondônia | 15:58
Congresso Estadual da Renovação Carismática Católica

Polícia | 15:44
Acidente deixa grávida e mais três pessoas feridas

Política | 15:37
FACEBOOK: Aélcio da TV atinge 93 mil curtidas sua página

Rondônia | 15:32
Agero vai regular e fiscalizar serviços de água

Internacional | 15:23
Brasileiros que que escaparam de atentado relatam ataque terrorista

Cultura | 15:18
Concorra a ingresso para o Poetas do Rock

Cultura | 15:19
ARTIGO: Lenha na Fogueira, por Zé Katraca