69 99981-5823 | 69 3229-8673

Logo Rondoniaovivo - Notícias, Classificados e Banco de Empregos de Rondônia

Sexta-Feira, 20 de Outubro de 2017


Segunda-Feira, 19 de Junho de 2017 às 09:01

69 99353-3037 COMUNICAR ERRO

Campanha Salarial 2017: Governo descarta negociação de reajuste salarial

Alegando falta de previsão orçamentária, o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão descarta abertura de negociação de reajuste salarial a nenhuma categoria de servidores públicos federais. A justificativa é a nefasta Emenda à Constituição n° 95/2016 (antiga PEC N° 55/16), que limita por 20 anos os gastos públicos. A informação foi anunciada em reunião dia 12 de junho, com representantes de entidades do funcionalismo federal.

 

Participaram da reunião os secretários-gerais Sérgio Ronaldo da Silva, da Condsef/Fenadsef, e Oton Pereira Neves, do Sindsep-DF, além de representantes da Fenasp e da FNTSS. Representando o governo, o Secretário-Adjunto de Gestão de Pessoas, Fernando Antônio Braga de Siqueira Júnior, e o Diretor do Departamento de Relações de Trabalho no Serviço Público, José Borges de Carvalho Filho.

 

Segundo o Ministério do Planejamento, em cumprimento ao teto estabelecido pela Emenda n° 95/2016, somente após o cálculo dos gastos com abatimento do dispêndio com aumentos já concedidos até 2019 a diversas carreiras do funcionalismo que celebraram convênio com o governo por três anos, com progressões automáticas de servidores e com pagamento de ações judiciais, o governo poderá afirmar se haverá sobra de recursos para negociar reajuste salarial.

 

Mesmo assim, a CONDSEF/FENADSEF juntamente com o Fórum de Entidades continuam trabalhando incansavelmente para que o governo abra as negociações para garantir o reajuste salarial dos servidores públicos federais. A pauta de reivindicação da Campanha Salarial de 2018, foi entregue ao Governo em fevereiro de 2017.


Fonte: Assessoria

Tag's: Rondoniaovivo, rondonia, porto velho, sindicato, noticia, noticias

GOSTOU DA MATÉRIA, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS E FAMILIARES:

69 99353-3037




PUBLICIDADE




Rondônia | 17:35
Inauguração da clinica Nova Forma Porto Velho RO

Cerejeiras | 17:33
Garota atingida por disparo de arma policial dá detalhes sobre episódio

Cultura | 17:45
SERENIM: 'Noite Latina' é tema neste final de semana

Política | 16:50
Airton e Confúcio entregam auditório e pavimentação em Ji-Paraná

Política | 16:29
FHEMERON: Vereador Edesio realiza ação social neste sábado, 21

Blog de Ponta Cabeça | 16:24
VINHO: O 5º melhor do mundo custa apenas R$ 40,00, e é brasileiro

Rondônia | 17:08
Prefeitura realiza drenagem e asfalto de mais de um Km na zona Sul

Rondônia | 16:23
Plano estratégico para retirada da vacina contra a aftosa será debatido

Ji- Paraná | 16:19
Asfaltamento do Anel Viário de Ji-Paraná entra na fase final

Esportes | 16:09
Competições individuais encerram no domingo na etapa juvenil do Joer

Rondônia | 16:06
Especialistas da Espanha em mediação policial são recebidos por Confúcio Moura

Rondônia | 16:04
NOTA PÚBLICA: Rede Sustentabilidade em Rondônia

Rondônia | 15:57
Memorial Rondon, na Igreja de Santo Antônio, será inaugurado dia 30 deste mês

Cacoal | 15:55
Nova sede da Ciretran é inaugurada com quase 2,5 mil metros de área construída

Capital | 15:52
Sema normatiza doação de mudas para evitar transtorno à população

Polícia | 15:45
VIOLÊNCIA: Aluna é espancada por casal de adolescentes na porta de escola

Política | 15:26
Junior Cavalcante cria projeto que regulamenta ambulantes e Food Trucks

Polícia | 14:59
DESACORDADO: Ciclista tem parte do corpo dilacerada em atropelamento

Rondônia | 14:58
CLIMA: Céu parcialmente nublado durante este sábado, 21

Polícia | 14:45
LUZ DA INFÂNCIA: Dos três presos em operação de combate à pedofilia em RO, um é evangélico (atualizada)

Cerejeiras | 14:38
Garota leva tiro na coxa após arma de namorado policial disparar

Rondônia | 14:29
Inscrições para 7º Prêmio MP de Jornalismo encerram no dia 30

Cerejeiras | 14:16
Diretora de hospital baixa norma e proíbe uso de celular no trabalho