69 99981-5823 | 69 3229-8673

Logo Rondoniaovivo - Notícias, Classificados e Banco de Empregos de Rondônia

Quinta-Feira, 14 de Dezembro de 2017


Sábado, 20 de Março de 2010 às 10:30

69 99353-3037 COMUNICAR ERRO

Crianças pescam de Traíra à Acará em canal de esgoto formado pelo alagamento das chuvas que caem na Capital – Fotos e vídeo

A principal característica de uma cidade não pode ser medida por obras grandiosas nela instalada, nem por grandes empresas e indústrias que vão chegando, a característica de um município precisa ser medida pela qualidade de vida das pessoas que vivem nele. No caso de Porto Velho se tentarmos configurar uma definição de como é a capital de Rondônia através desse ponto chegamos a uma característica estarrecedora.
 
Essa análise vem diretamente da situação encontrada no bairro Lagoa, localizado na zona Leste da capital. Onde encontramos uma condição de vida que de passa longe dos números de crescimentos e projeções que Porto Velho vem apresentando.
 
Varias crianças já em idade escolar foram encontradas pela equipe de reportagem do RONDONIAOVIVO pescando na margem de um pequeno córrego que serve para levar os detritos da comunidade até um canal principal.
 
De acordo com as próprias crianças nesse córrego aparecem todos os tipos de peixe, e já é costume pescar no local, principalmente após os dias de chuva forte na capital onde o bueiro transborda e traz mais peixes.
 
“Aqui tem Traíra, Cascudo e Acará, a gente já pegou vários peixões nesse bueiro”, disse uma das crianças que estava no local.
 
Devido à ingenuidade e simplicidade dessas crianças, tudo não passa de uma grande diversão, porém a situação não é bem assim vista por outras perspectivas. O local é tomado por lama, onde um pouco mais a frente do bueiro onde ocorre a “pescaria” encontramos vários resíduos fecais humanos e de animais, uma grande parte dos detritos dos moradores desse bairro passam pelo bueiro.
 
Em uma matéria publicada nesta semana, o RONDONIAOVIVO mostrou crianças do bairro Cuniã, que para poderem ir para a escola tinham que passar por dentro de uma lama acumulada há vários dias, esses tipos de situação vem ocorrendo rotineiramente na capital de Rondônia. Crianças expostas a esse tipo de situação representam a que ponto chegamos no zelo de nossa comunidade.
 
Segundo o artigo 7° da Lei Federal n° 8.069, datada em 13 de julho de 1990, a criança e o adolescente têm direito a proteção à vida e à saúde, mediante a efetivação de políticas sociais públicas que permitam o nascimento e o desenvolvimento sadio e harmonioso, em condições dignas de existência.
 
Porém quando nos deparamos com situações como essas em que crianças pescam em bueiros repletos de detritos, em horário escolar em um bairro tomado pela lama, percebemos claramente que não estamos tendo uma primazia da gestão publica do município em atender e cuidar de suas crianças.
 

Ao serem indagadas se eles comiam os peixes pescados no local, as crianças não responderam, porém se comem ou não é uma questão atenuante, mas que não diminui ou aumenta em nada a forma como as crianças da periferia de Porto Velho vêm sendo tratadas.

 

 


Fonte: Rondoniaovivo.com - Texto: João Paulo Prudêncio - Imagens: Luiz Junior

Tag's: Rondoniaovivo,

GOSTOU DA MATÉRIA, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS E FAMILIARES:

69 99353-3037




PUBLICIDADE




Geral | 13/12/2017 | 22:43
Concorra a ingressos para a festa Cyclone Pool Party

Polícia | 13/12/2017 | 17:53
URGENTE: Acadêmico comete suicídio dentro de empresa após noiva se matar

Rondônia | 13/12/2017 | 17:49
NOTA: Informativo Astir

Rondônia | 13/12/2017 | 17:29
Capital e estado devem receber mais royalty e obras compensações

Brasil | 13/12/2017 | 16:53
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões nesta quarta

Polícia | 13/12/2017 | 16:34
Justiça inocenta policiais acusados de integrarem grupo de extermínio

Polícia | 13/12/2017 | 16:25
CAIU: Dupla é presa com objetos furtados em residência de PM

Política | 13/12/2017 | 16:19
Edesio Fernandes consegue aprovação de requerimento que fiscaliza verbas federais

Política | 13/12/2017 | 16:13
Dilma: 'Vamos abrir o ano de 2018 e fazer essa discussão sobre minha candidatura'

Ariquemes | 13/12/2017 | 16:03
MP ajuíza ação para lotar mais agentes penitenciários para segurança de presídios

Brasil | 13/12/2017 | 16:06
Empresas devedoras do FGTS já podem parcelar débitos

Rondônia | 13/12/2017 | 15:54
TEMPO: Chuva continua nesta quinta-feira em Rondônia, segundo Sipam

Brasil | 13/12/2017 | 15:47
Ministério da Saúde reajusta recursos para procedimentos oftalmológicos

Política | 13/12/2017 | 15:49
Anderson do Singeperon destaca projeto que prevê reforma administrativa

Rondônia | 13/12/2017 | 15:32
Clinica Revitalle está com novo tratamento para redução de gordura localizada com Criolipólise com Érica Carvalho

Brasil | 13/12/2017 | 15:30
Para inibir sexo na rua, moradores fotografam clientes de prostitutas

Brasil | 13/12/2017 | 15:13
Prorrogado prazo para usar FGTS em prestações atrasadas de crédito imobiliário

Ji- Paraná | 13/12/2017 | 15:12
Vereador cassado recupera o mandato no TRE

Polícia | 13/12/2017 | 15:07
ROUBADA: Força Tática prende homem por receptação de moto

Política | 13/12/2017 | 15:05
Laerte Gomes agradece homenagem da Associação Comercial e Industrial de São Miguel

Cacoal | 13/12/2017 | 14:47
Apenado cruza preferencial e provoca acidente; mototaxista morre

Rondônia | 13/12/2017 | 14:45
Emenda do deputado Gurgacz beneficia EFA com auditório

Esportes | 13/12/2017 | 14:32
Finais do Ruralzão acontecem sábado e domingo