69 99353-3037 | 69 3225-5866

Logo Rondoniaovivo - Notícias, Classificados e Banco de Empregos de Rondônia

Terça-Feira, 22 de Agosto de 2017


Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017 às 21:22

69 99353-3037 COMUNICAR ERRO

Jovem que desapareceu no Acre pode ter sido ajudado por espíritos

 Bruno Borges, estudante de psicologia desaparecido desde 27 de março passado, após deixar 14 livros escritos à mão, pode ser medium e ter sido orientado por espíritos. É o que defende o médico José Furtado de Medeiros, de 79 anos. Fundador de oito centros espíritas em Rio Branco, Medeiros conversou com o universitário no ano passado. Bruno revelou que via vultos e ouvia vozes claras dizer-lhe que tinha uma missão importante para a humanidade, falou ao G1.

Médico da família e de Bruno Borges até os 12 anos, Medeiros disse, nesta quinta-feira (29), que perguntou se o universitário via algo que não era humano. "Ele disse: ‘vejo, mas não é nítido, tipo sombras, e escuto vozes perfeitas dizendo para mim que tenho uma missão na terra para desenvolver um trabalho muito importante que ajudaria toda a humanidade’”, falou ao G1.

Durante a conversa, o médico disse que não notou nenhuma anormalidade psicológica em Bruno, que tem 24 anos. Medeiros disse que, analisando por meio do espiritismo, Bruno tinha uma mediunidade que não era aprimorada. Ao contrário do que defendeu o escultor Jorge Rivasplata, autor da estátua no quarto do jovem, não se trata de reencarnação. Segundo o espiritismo, casos assim são revelados na infância.

Na última segunda-feira (17), Bruno Borges foi incluído na lista de pessoas desaparecidas da Polícia Federal do Acre (PF-AC). A Interpol também foi acionada. A polícia não acredita que o jovem tenha deixado o país, mas a investigação não foi descartada.

 


Fonte: Noticias ao Minuto

Tag's: Rondoniaovivo, acre, Bruno, Jovem que desapareceu,

GOSTOU DA MATÉRIA, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS E FAMILIARES:

69 99353-3037




PUBLICIDADE





Política | 17:19
Airton Gurgacz propõe criação de biblioteca pública na Assembleia Legislativa

Polícia | 17:12
TRÂNSITO: Acidente entre motos deixa três pessoas feridas

Política | 16:37
Durante visita, Expedito Netto anuncia liberação de R$ 450 mil

Política | 16:35
Maurício Carvalho solicitou e Emdur garantiu a iluminação de praça

Polícia | 16:29
Polícia Civil lança campanha de combate às drogas

Educação | 16:31
INTEGRAL: Projeto Asas do Saber será aberto oficialmente nesta quarta

Capital | 16:30
CAPITAL: Presídio com mais de 600 vagas tem previsão de entrega em dezembro

Brasil | 16:19
Collor vira réu em processo da Lava Jato no Supremo

Política | 16:05
Horário eleitoral de 2018 custará R$ 1 bi aos contribuintes, por Marcelo Loureiro

Blog de Ponta Cabeça | 16:00
Quebrando tabus: “Meus orgasmos são melhores aos 80 anos”

Brasil | 15:58
Filho de traficante que foi estuprado com barra de ferro tenta conseguir cirurgia

Rondônia | 15:58
VÍDEO: Cantor Allysson Castro fala sobre vida e sua carreira artística

Política | 15:52
Ezequiel Júnior propõe lei que garante reserva de vagas para primeiro emprego

Cultura | 15:49
STAND UP: Viver de rir, com Ivanildo Silva

Educação | 15:48
Conclua seus ensinos pelo PROVÃO INTERAÇÃO

Guajará- Mirim | 15:36
Policiais em ação rápida evitam que motos sejam cruzadas para a Bolívia

Cultura | 15:31
COLUNA: Lenha na fogueira, por Zé Katraca

Política | 15:30
Léo Moraes visita União Bandeirantes e destina recursos para agricultura

Brasil | 15:24
Ex-procuradora-geral da Venezuela foge para o Brasil

Política | 15:11
Raupp prestigia inauguração de quadra em Theobroma

Política | 15:02
Ação social promovida pelo vereador Edesio reúne cerca 2 mil pessoas na zona Leste

Polícia | 14:53
DENÚNCIA: PCC planeja mortes de agentes penitenciários em RO

Cultura | 14:48
Ator Global realiza oficina de cinema em Porto Velho