69 99353-3037 | 69 3225-5866

Logo Rondoniaovivo - Notícias, Classificados e Banco de Empregos de Rondônia

Quarta-Feira, 16 de Agosto de 2017


Domingo, 19 de Março de 2017 às 17:41 - Atualizado em Segunda-Feira, 20 de Março de 2017 às 08:15

69 99353-3037 COMUNICAR ERRO

LAVA JATO – Aécio acertou R$ 50 milhões por usina de Santo Antônio, diz Odebrecht

A homologação das deleções de Marcelo Odebrecht, ex-presidente da construtora Odebrecht, trouxe à tona diversas acusações de corrupção envolvendo políticos do alto escalão e obras relacionadas à empresa.

Entre essas obras, uma que está na mira da justiça após as delações é a construção da usina hidrelétrica de Santo Antônio, localizada no rio Madeira, dentro da área urbana de Porto Velho, capital de Rondônia.

As investigações andam apontando que houve pagamentos de propinas milionárias para a conquista do contrato. Entre os nomes citados está o do líder do PSDB e ex-candidato à presidência da república, Aécio Neves.

De acordo com Marcelo Odebrecht, Aécio Neves acertou com o grupo Odebrecht, e a, Andrade Gutierrez, o recebimento de R$ 50 milhões após a vitória do consórcio formado por essas construtoras no leilão que garantiu o inicio das obras em dezembro de 2007.

Ainda segundo o delator, o pagamento foi divido em R$ 30 milhões pela Odebrecht e R$ 20 milhões pela Andrade Gutierrez. As delações estão sendo investigadas e devem integrar o cabedal de provas da operação Lava-Jato.

Os pagamentos de propinas seriam vetores de aceleramento dos processos de autorização das obras, como licença ambiental entre outros trâmites que protegeriam a comunidade portovelhense e o rio Madeira.

Na época Aécio Neves era governador do estado de Minas Gerais, vale salientar que a CEMIG, estatal de energia mineira é acionista de 10% da hidrelétrica, os outros acionistas são Odebrecht com 18,6%; Gutierrez com 12,4% e um fundo da Caixa Econômica com 20%.

O pagamento de propina garantiria uma boa relação entre os sócios. Em nota, Aécio diz que a acusação “é absolutamente falsa”.

Em Porto Velho a construção da usina de Santo Antônio trouxe um déficit social e natural que ainda está sendo pago pela população, desbarrancamentos, desaparecimento de comunidades e mortandade de animais nativos, foram alguns dos problemas registrados e atribuídos por estudiosos à construção da hidrelétrica.


Fonte: Rondoniaovivo.com - João Paulo Prudêncio

Tag's: Rondoniaovivo, Lava Jato, Brasil, Justiça, UHE Santo Antônio

GOSTOU DA MATÉRIA, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS E FAMILIARES:

69 99353-3037




PUBLICIDADE





Brasil | 15:26
Trabalhadores morrem eletrocutados em posto de combustíveis

Polícia | 15:14
TEMPESTADE: Forte chuva derruba muro do Denarc na capital

Política | 15:16
Advinha quem vai pagar a conta das campanhas eleitorais?

São Felipe D' Oeste | 15:08
Deputado Edson Martins garante recursos para agricultura

Política | 15:02
Câmara aprova pedido do vereador Edesio para solicitar documentos oficiais

Política | 15:03
Léo Moraes chama fundo partidário de aberração

Cacoal | 14:59
Maurão de Carvalho indica melhorias para a educação e social

Econômia | 14:54
Previsão de salário mínimo em 2018 cai para R$ 969

Política | 14:39
Parlamentar destaca Encontro Estadual dos Conselhos Tutelares e de Direito

Política | 14:34
Deputado critica atuação de gestor e técnicos da Sejucel

Brasil | 14:37
Ex-executivo que vive em aeroporto consegue emprego: 'obrigado a todos'

Brasil | 14:30
INSS: 7 dicas para não ter o pedido de aposentadoria recusado

Capital | 14:27
MEGA TEMPLO: Universal compra prédio onde funciona Semusa

Rondônia | 14:02
SIPAM informa a previsão do tempo para esta quinta-feira

Ciência e Saúde | 11:37
Fhemeron acolhe mais de 100 hemofílicos

Comércio e Indústria | 11:31
Fiero apresenta desafios regionais e ações de fomento ao desenvolvimento

Rolim de Moura | 11:24
Menor é apreendido pela PM, após arrombamento e tentativa de furto

Justiça | 11:18
Casal satanista que roubava e estuprava vítimas recebe nova condenação

Cultura | 11:21
LENHA NA FOGUEIRA: Dragagem do Rio Madeira

Brasil | 11:13
CAOS: Universidades federais só têm recursos para manutenção até setembro

Comércio e Indústria | 11:08
Assados na Brasa do Gordurinha agora em novo endereço

Polícia | 10:59
DUPLO LATROCÍNIO: Casal de idosos é morto a tiros em residência na zona rural

Rondônia | 10:51
OPORTUNIDADE: TCE abre inscrição para cargos comissionados na área de TI