69 99981-5823 | 69 3229-8673

Logo Rondoniaovivo - Notícias, Classificados e Banco de Empregos de Rondônia

Sábado, 16 de Dezembro de 2017


Quinta-Feira, 16 de Fevereiro de 2017 às 15:35

69 99353-3037 COMUNICAR ERRO

Ministério Público pede condenação de Luciano Huck por apropriação

Nesta quarta-feira (15), o MPF (Ministério Público Federal) enviou um pedido à Justiça para manter condenação do apresentador Luciano Huck, por “se apoderar de um bem da sociedade” em sua casa em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro.

Segundo o Radar Online, da revista 'Veja', o MPF quer manter a multa de R$ 40 mil ao apresentador da Globo por fazer uma cerca que fica próxima a sua residência na Ilha das Palmeiras, em Angra. Huck foi condenado em segunda instância, mas recorreu ao STJ (Superior Tribunal de Justiça) para rediscutir sua punição.

Huck chegou dizer que a estrutura era para atividade de maricultura (criação de plantas ou animais marinhos), porém foi contestado pelo MPF, que afirmou que era apenas um pretexto para poder se apoderar de um bem comum social, o que é proibido por lei. Em 2011, a determinação da Justiça Federal era para que Huck desmontasse as cercas e pagasse uma indenização por danos materiais e imateriais, além de multa diária em caso de descumprimento da decisão.

Ainda de acordo com a publicação, a Procuradoria Regional da República da 2ª Região, em manifestação ao STJ, defendeu que o recurso de Huck seja rejeitado por tratar-se apenas de medida de inconformismo, resultado de sua insatisfação com a sentença da Justiça. Para o órgão, o fato do delito e sua pena já terem sido discutidos e confirmados pelo juiz de primeira instância e pelo Tribunal Regional Federal (TRF-2ª Região) invalida a pretensão do condenado de tentar alteração na sentença.


Fonte: Noticias ao Minuto

Tag's: Rondoniaovivo, Brasil

GOSTOU DA MATÉRIA, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS E FAMILIARES:

69 99353-3037




PUBLICIDADE




Polícia | 15/12/2017 | 19:45
Prefeito em MT é executado dentro de carro; secretário é baleado

Política | 15/12/2017 | 17:44
Em emenda aprovada, Léo Moraes assegura direitos de servidores da Sejus

Rondônia | 15/12/2017 | 16:49
TRANSPOSIÇÃO: Nova lista de servidores beneficiados é publicada nesta sexta

Alta Floresta D´Oeste | 15/12/2017 | 16:42
MP encaminha despacho para apuração de crime de responsabilidade do prefeito

Política | 15/12/2017 | 16:35
Vereador Alan Queiroz participa de inauguração de unidade de saúde

Política | 15/12/2017 | 16:36
Laerte Gomes destaca aprovação do programa Refaz

Rondônia | 15/12/2017 | 16:31
TEMPO: Confira a previsão do tempo para este fim de semana em Rondônia

Política | 15/12/2017 | 16:28
Atuação do Cleiton Roque em projetos beneficia produtores e municípios

Polícia | 15/12/2017 | 16:23
PORTE ILEGAL: Fazendeiro é preso armado em Candeias do Jamari

Política | 15/12/2017 | 16:18
Maurão prestigia lançamento de 14 quilômetros de asfalto em Ouro Preto

Blog de Ponta Cabeça | 15/12/2017 | 16:00
Espetáculo de dança de salão ’50 Tons’ nesta sexta-feira, no Teatro Guaporé

Política | 15/12/2017 | 16:11
Léo Moraes homenageia o jogador Elsinho e Policias Civis de Rondônia

Capital | 15/12/2017 | 15:53
LITERATURA: "Réu do Sexo" será lançado nesta sexta-feira na OAB/RO

Polícia | 15/12/2017 | 15:31
ESPANCADA: Dupla leva surra da população após assaltar mulher

Rondônia | 15/12/2017 | 15:27
SINTERO: Nota de repúdio

Cerejeiras | 15/12/2017 | 15:17
TRÂNSITO: Mesmo com conscientização, imprudência continua matando

Brasil | 15/12/2017 | 15:24
APROVADO: Ensino religioso nas escolas passa a ser obrigatório

Brasil | 15/12/2017 | 15:05
REPETECO: Após 11 anos, Garotinho faz nova greve de fome em protesto contra a prisão

Rondônia | 15/12/2017 | 15:06
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 39 milhões neste sábado

Polícia | 15/12/2017 | 15:01
DESAPARECIDO: Família procura jovem que sumiu na zona Sul

Cultura | 15/12/2017 | 15:03
RESULTADO: Sorteio show de humor com Willou + Watson no Palácio das Artes

Ariquemes | 15/12/2017 | 14:55
OAB/RO: Falso advogado é preso em flagrante

Brasil | 15/12/2017 | 14:43
INADIMPLÊNCIA: CNH e passaporte de maus pagadores podem ser suspensos