69 99353-3037 | 69 3225-5866

Logo Rondoniaovivo - Notícias, Classificados e Banco de Empregos de Rondônia

Quarta-Feira, 16 de Agosto de 2017


Quinta-Feira, 16 de Fevereiro de 2017 às 15:35

69 99353-3037 COMUNICAR ERRO

Ministério Público pede condenação de Luciano Huck por apropriação

Nesta quarta-feira (15), o MPF (Ministério Público Federal) enviou um pedido à Justiça para manter condenação do apresentador Luciano Huck, por “se apoderar de um bem da sociedade” em sua casa em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro.

Segundo o Radar Online, da revista 'Veja', o MPF quer manter a multa de R$ 40 mil ao apresentador da Globo por fazer uma cerca que fica próxima a sua residência na Ilha das Palmeiras, em Angra. Huck foi condenado em segunda instância, mas recorreu ao STJ (Superior Tribunal de Justiça) para rediscutir sua punição.

Huck chegou dizer que a estrutura era para atividade de maricultura (criação de plantas ou animais marinhos), porém foi contestado pelo MPF, que afirmou que era apenas um pretexto para poder se apoderar de um bem comum social, o que é proibido por lei. Em 2011, a determinação da Justiça Federal era para que Huck desmontasse as cercas e pagasse uma indenização por danos materiais e imateriais, além de multa diária em caso de descumprimento da decisão.

Ainda de acordo com a publicação, a Procuradoria Regional da República da 2ª Região, em manifestação ao STJ, defendeu que o recurso de Huck seja rejeitado por tratar-se apenas de medida de inconformismo, resultado de sua insatisfação com a sentença da Justiça. Para o órgão, o fato do delito e sua pena já terem sido discutidos e confirmados pelo juiz de primeira instância e pelo Tribunal Regional Federal (TRF-2ª Região) invalida a pretensão do condenado de tentar alteração na sentença.


Fonte: Noticias ao Minuto

Tag's: Rondoniaovivo, Brasil

GOSTOU DA MATÉRIA, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS E FAMILIARES:

69 99353-3037




PUBLICIDADE





Polícia | 17:56
PM prende suspeito com cerca de 4 quilos de maconha

Política | 17:49
Mariana Carvalho quer implantação de serviço de doenças raras na Unir

Vilhena | 17:45
Veículo com 300 quilos de peixe pega fogo na área rural

Política | 17:37
Júnior Cavalcante tem pedido atendido de iluminação pública no bairro Três Marias

Polícia | 16:39
TEMPORAL: Chuva causa destruição em Porto Velho

Polícia | 16:03
URGENTE: Prédio do Iperon pega fogo na capital; veja o vídeo

Cacoal | 15:54
CACOAL: PM encontra arma de fogo durante mandado de busca e apreensão

Blog de Ponta Cabeça | 15:42
Museu Itinerante: uma viagem apaixonante sobre o antigo Egito

Vilhena | 15:31
Justiça Eleitoral retorna ao cargo vereador que negociou tratamento de saúde

Rondônia | 15:35
Parceria da CAA-RO com Sebrae beneficia jovens advogados

Brasil | 15:26
ELETROCUTADOS: Rondonienses morrem em posto de combustíveis no MT

Polícia | 15:14
TEMPESTADE: Forte chuva derruba muro do Denarc na capital

Política | 15:16
ARTIGO: Advinha quem vai pagar a conta das campanhas eleitorais?

São Felipe D' Oeste | 15:08
Deputado Edson Martins garante recursos para agricultura

Política | 15:02
Câmara aprova pedido do vereador Edesio para solicitar documentos oficiais

Política | 15:03
Léo Moraes chama fundo partidário de aberração

Cacoal | 14:59
Maurão de Carvalho indica melhorias para a educação e social

Econômia | 14:54
Previsão de salário mínimo em 2018 cai para R$ 969

Política | 14:39
Parlamentar destaca Encontro Estadual dos Conselhos Tutelares e de Direito

Política | 14:34
Deputado critica atuação de gestor e técnicos da Sejucel

Brasil | 14:37
Ex-executivo que vive em aeroporto consegue emprego: 'obrigado a todos'

Brasil | 14:30
INSS: 7 dicas para não ter o pedido de aposentadoria recusado

Capital | 14:27
MEGA TEMPLO: Universal compra prédio onde funciona Semusa