69 99353-3037 | 69 3225-5866

Logo Rondoniaovivo - Notícias, Classificados e Banco de Empregos de Rondônia

Quinta-Feira, 30 de Março de 2017


Sexta-Feira, 17 de Março de 2017 às 10:00

69 99353-3037 COMUNICAR ERRO

OPERAÇÃO MEGANHA – Justiça mantém diretor do Ênio Pinheiro na cadeia

O desembargador Eurico Montenegro Junior, da 2ª Câmara Especial do Tribunal de Justiça (TJ/RO), indeferiu liminar em habeas corpus solicitada pela defesa de Alexandre Ronald Lopes da Silva, um dos presos durante a deflagração da ‘Operação Meganha’.

Alexandre Ronald também é diretor-geral da Penitenciária Ênio Pinheiro dos Santos, situada em Porto Velho. Na última quarta-feira (15) o jornal eletrônico Rondônia Dinâmica publicou matéria sobre decisão que mandou liberar outro envolvido, o agente penitenciário Richarde Malta Lamarão.

Silva é acusado de pertencer à organização criminosa que supostamente praticava diversos crimes, destacando-se os ilícitos de tráfico de drogas; furto e roubo de automóveis e receptações. 

A advogada do agente público aduziu que que as escutas e interceptações telefônicas fundamentadora da ordem de prisão preventiva seriam ilegais, pois “nos autos relativos à operação em questão não consta autorização para interceptação de seus terminais celulares”.

Requereu, então, a concessão de medida liminar para expedição de alvará de soltura em favor do diretor ou que lhe fosse, ao menos, deferida prisão domiciliar.

“Sabe-se que a liminar em habeas corpus somente é cabível em caráter excepcionalíssimo, quando ao exame do decreto preventivo se verificar de plano a sua flagrante ilegalidade”, disse o desembargador sobre o pedido.

Logo em seguida, apontou o membro do Poder Judiciário:

“Em um exame prévio de cognição sumária, concluo ser inviável, neste momento, a concessão da medida requerida de plano, haja vista não há fundamento legítimo e concreto a embasar qualquer ilegalidade na decisão decretadora da custódia. Por estes motivos, indefiro o pedido de liminar. No primeiro dia útil, proceda-se a distribuição deste feito”, concluiu Montenegro. 


Fonte: Rondoniadinamica

Tag's: Rondoniaovivo, rondonia, operacao, policia, meganha, diretor, enio pinheiro, porto velho

GOSTOU DA MATÉRIA, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS E FAMILIARES:

69 99353-3037




PUBLICIDADE





Rondônia | 16:25
Trabalhadores em educação suspendem greve em Rondônia

Brasil | 16:25
MPF pede R$ 2,3 bilhões de volta do PP e acusa políticos de corrupção

Polícia | 16:07
Idoso de 76 anos é internado após ser agredido por sobrinho

Brasil | 16:02
Na Câmara, petistas confrontam Moro e o acusam de ser parcial

Rolim de Moura | 16:01
Último dia para contribuinte pagar IPTU com desconto

Cultura | 15:54
CINE VENEZA - Concorra a ingressos para o fim de semana

Cultura | 15:49
CONCORRA A INGRESSOS - Show do Capital Inicial

Cabixi | 15:31
Prefeito contrata empresa do filho sem licitar

Política | 15:44
Aélcio da TV indica realização de palestras sobre bullying e crimes na internet

Política | 15:38
Bando foragido do Amazonas é preso após roubo na capital

Política | 15:35
Inchar repartições e órgãos públicos dá improbidade – Por Valdemir Caldas

Política | 15:24
Deputada Mariana Carvalho diz que mulher se vitimiza

Brasil | 15:29
Julgamento da chapa Dilma-Temer pode parar logo no início

Polícia | 15:20
Filho de empresários, ligado ao ocultismo, desaparece no Acre

Ariquemes | 15:09
Seminário sobre cacauicultura reúne produtores da região do Vale do Jamari

Polícia | 15:03
Deputados rondonienses votam a favor de mensalidade em universidades federais

Polícia | 14:56
Ganhador recorre à Justiça para receber prêmio de sorteio feito por Clube

Política | 14:47
EUCATUR - Advogado rebate acusações de Cassol e ameaça Imprensa de processo

Brasil | 14:55
Após condenação, Cunha pode optar por delação

Justiça | 14:55
Júri Popular terá julgamentos em abril de casos de grande repercussão

Polícia | 14:40
Cliente é preso por estuprar ‘garota de programa’

Comércio e Indústria | 14:25
Madem Madeiras parabeniza a sua equipe

Política | 14:09
570 VAGAS - Serviço administrativo na PM e Corpo de Bombeiros