69 99981-5823 | 69 3229-8673

Logo Rondoniaovivo - Notícias, Classificados e Banco de Empregos de Rondônia

Quinta-Feira, 23 de Novembro de 2017


Terça-Feira, 14 de Novembro de 2017 às 09:12

69 99353-3037 COMUNICAR ERRO

Terra Legal chegará aos 52 municípios através da Emater

Com o objetivo de avançar no estado de Rondônia o programa de regularização fundiária rural através do programa Terra Legal, o deputado federal Lúcio Mosquini (PMDB/RO) coordenou nesta segunda-feira (13) a agenda institucional do Subsecretário de Regularização Fundiária na Amazônia Legal (Serfal), Claudio Mendonça, em Porto Velho.

Mosquini afirmou que o ponto alto da agenda foi o anúncio dos Termos de Cooperação Técnica que serão celebrados entre o governo de Rondônia, através da Emater, e a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, por meio do Programa Terra Legal, e com o Instituto de Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), para realizar a regularização de imóveis em áreas de Assentamentos.

"Com a assinatura do Termo de Cooperação Técnica, a partir de agora cada município rondoniense terá um escritório do Terra Legal dentro da Emater. Na prática, os escritórios locais da Emater também serão um posto avançado do programa Terra Legal. Isso dará uma agilizade incrível à regularização fundiária no estado de Rondônia", explicou Mosquini. As 15 regiões onde se registram conflitos agrários serão priorizadas no estado.

A agenda de trabalho da comitiva na capital Rondônia foi extensa. Um dos compromissos foi na Arom (Associação Rondoniense de Municípios), que reuniu cerca de trinta e cinco prefeitos para discutir esta municipalização das ações de regularização fundiária. Segundo o deputado Mosquini os prefeitos "aprovaram e apoiaram a iniciativa".

O principal compromisso do dia foi uma audiência com o governador Confúcio Moura, da qual participaram também Francisco Mende Sá, o Chiquinho da Emater e o coordenador do programa Terra Legal em Rondônia, Daniel Oliveira. Confúcio destacou o apoio do Governo de Rondônia ao Terra Legal e ao Incra e também as ações governamentais para facilitar a regularização fundiária, como as demarcações de pontos via GPS, produção de mapas, aquisição de veículos e concessão de diárias para servidores atuarem no processo. "Temos cerca de 90 mil famílias que serão beneficiadas com o título da terra", afirmou Moura.

Na reunião com o governador foi anunciado também que o Governo Federal irá lançar o Certificado de Regularização da Ocupação (CRO). Quem fizer solicitação do Terra Legal e preencher os requisitos vai receber o CRO e já terá acesso ao capital para beneficiar a terra. O CRO não é o título definitivo da terra mas garante ao ocupante o acesso ao crédito rural e ao geo-processamento.

Otimista com os novos rumos da regularização fundiária, Mosquini falou da dificuldade que Rondônia enfrenta com a falta de documento da terra. “São apenas dois órgãos que cuidam do assunto: o INCRA e a Terra Legal e o que ocorre é que as pessoas não tem acesso ao Programa Terra Legal que só existe em Porto Velho”. A partir de agora, nos pontos avançados do Terra Legal nos escritórios da Emater os agricultores poderão entregar documentos, solicitar certidões, dar entrada na regularização fundiária e receber seus títulos.

O Terra Legal é conduzido pela Subsecretaria de Regularização Fundiária na Amazônia Legal (Serfal) nos nove estados da região amazônica (Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins), que juntos representam 60% do território nacional. 


Fonte: Assessoria

Tag's: Rondoniaovivo, Terra, legal, municípios, regularização, rural.

GOSTOU DA MATÉRIA, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS E FAMILIARES:

69 99353-3037




PUBLICIDADE




Cultura | 08:16
Lenha na Fogueira

Polícia | 08:11
ARROMBAMENTO: Suspeito é preso após furtar loja no centro

Polícia | 08:06
FLAGRANTE: Homem é preso furtando clínica na capital

Polícia | 08:01
ABUSADO: Homem tenta esfaquear PM's após apedrejar restaurante

Polícia | 07:56
BARRACO: Briga entre genro, sogra e mãe termina na delegacia

Geral | 07:51
NOVELAS: Confira o resumo dos capítulos desta quinta-feira

Polícia | 22/11/2017 | 17:38
IMPRUDÊNCIA: Condutor avança preferencial e deixa motociclista ferido

Rondônia | 22/11/2017 | 17:34
Sindsef promove seminário sobre Políticas Inovadoras para Educação

Rondônia | 22/11/2017 | 17:18
Aélcio da TV indica contratação de professor para Escola Daniel Neri

Itapuã do Oeste | 22/11/2017 | 17:17
Jean acompanha o trabalho das obras da ponte no rio Jamari

Nova Mamoré | 22/11/2017 | 17:12
Airton Gurgacz recebe lideranças do município de Nova Mamoré

Cujubim | 22/11/2017 | 17:07
Ex-prefeito e 'funcionário fantasma' são condenados por improbidade administrativa

Rondônia | 22/11/2017 | 17:05
Deputados buscam saída para atraso de salários na Caerd

Cultura | 22/11/2017 | 16:30
Neste sábado tem chopp no jantar dançante do Futebol Arena

Capital | 22/11/2017 | 16:48
TEMER: Presidente assina Ordem de Serviço, às 12h, no aeroporto Jorge Texeira, na capital

Política | 22/11/2017 | 16:47
Léo Moraes garante cinquenta vagas a instrutores de fanfarras em projeto social

Nova Mamoré | 22/11/2017 | 16:49
Edson Martins e lideranças garantem dois postos de identificação em Nova Mamoré

Rondônia | 22/11/2017 | 16:32
O engenheiro Zilto

Política | 22/11/2017 | 16:21
Prefeito de Rio Branco é acusado de dar calote em Instituto de pesquisas de RO

Rondônia | 22/11/2017 | 16:17
Temer deve anunciar Ordem de Serviço em Porto Velho, segundo Fecomércio

Rondônia | 22/11/2017 | 16:11
Cedel do bairro Ulisses Guimarães será revitalizado e ganhará campos com gramado

Rondônia | 22/11/2017 | 16:07
Eletrobrás alerta para cuidados com a decoração natalina

Esportes | 22/11/2017 | 16:10
Equipes femininas de Rondônia estreiam com vitórias nos Jogos, em Brasília