69 9353-3037 | 69 3225-5866

Logo Rondoniaovivo - Notícias, Classificados e Banco de Empregos de Rondônia

Sexta-Feira, 01 de Julho de 2016


Terça-Feira, 13 de Março de 2012 às 12:06

BR-364 – PRF, DNIT, 5º BEC e SEMTRAM esclarecem desvio na rodovia e obras no ponto de erosão – Vídeo

Uma coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira (13) na sede da PRF (Polícia Rodoviária Federal) em Porto Velho, reuniu o Inspetor J.Ribeiro (PRF), o secretário de trânsito da capital, Cláudio Carvalho, o Diretor do DNIT/RO, André Reitz do Valle, além do Comandante do 5º BEC, Ten Cel Nilton de Figueiredo Lampert
Todos compareceram para esclarecerem duvidas sobre a cratera que se formou na BR-364 além das medidas que estão sendo realizadas para amenizar o pesado tráfego que está sendo desviado pela área urbana de Porto Velho.
De acordo com Cláudio Carvalho, o desvio de tráfego da BR-364 que está sendo feito pelo bairro Ulisses Guimarães, região Leste de Porto Velho, terá a partir desta terça-feira (13) sinalização e uma intensa presença dos fiscais municipais de trânsito que realizarão a fiscalização de eventuais infrações de trânsito para garantir a segurança na área.
O desvio passará pela BR-364 seguindo pela Estrada dos Periquitos, rua Petrolina, rua Vila Mariana, rua José Amador dos Reis, rua Cascalheira até a avenida Mamoré.
“Estamos realizando desde o inicio desta manhã um trabalho de remanejamento de nossos fiscais além de um planejamento de estratégia de trânsito junto ao DNIT e a PRF”, disse Cláudio Carvalho.
Em relação a evidente destruição física das vias, oriundo do constante tráfego de veículos pesados que passarão pelo desvio, Cláudio Carvalho afirmou que já conversou com os responsáveis pelo DNIT/RO e toda a recuperação da área urbana utilizada como desvio será de responsabilidade do departamento nacional de infraestrutura.
O Inspetor da PRF, J.Ribeiro, garantiu que para zelar pela segurança dos munícipes, será realizado uma restrição de circulação de veículos pesados pelo desvio do bairro Ulisses Guimarães, além de patrulhamento de patrulheiros da PRF/RO no local.
“A Polícia Federal está dando o apoio para garantir a segurança nesse trajeto, por isso estamos trabalhando de forma integrada durante todo o período que precisarmos utilizar dessa rota”, afirmou o Inspetor J. Ribeiro.
5º BEC e DNIT
Sobre o trabalho de construção emergencial de uma ponte que reativaria o fluxo normal de veículos na área de erosão, o Tem Cel Lampert, disse que o trabalho de montagem e fixação da ponte demora de quatro a seis dias, porém ainda não é possível dar um prazo definitivo a comunidade sobre a data de finalização desse trabalho, pois devido ao mal tempo e condições da área ainda não foi iniciado a obra.
“Disponibilizamos sessenta homens do batalhão, já realizamos treinamento de montagem dessa ponte, é uma ponte de sessenta metros e tem uma capacidade inicial de
sessenta toneladas e poderá depois aumentar sua capacidade, além de um possuir uma largura útil de pouco mais de quatro metros”, falou o Ten Cel Lampert.
Já de acordo com o diretor do DNIT, André Reitz do Valle, a perspectiva de reconstrução total da área está entre três a quatro meses e inicialmente a preocupação é para dar todo o suporte aos militares do 5º BEC na montagem da ponte emergencial.
“Ainda não temos o valor total que o contribuinte desembolsará para a reconstrução dessa área da BR-364 que cedeu, os projetos são iniciais e ainda estamos realizando esse levantamento”, concluiu  André Reitz do Valle.
Enquanto isso os moradores do bairro Ulisses Guimarães e adjacências terão de se acostumar com o grande tráfego de veículos de pequeno, médio e grande porte, por aproximadamente duas semanas, isso devido às projeções de montagem da ponte.
A restrição de veículos pesados na BR-364 será nos horários de grande fluxo de veículos entre ás 07h00 e 8h00 e 18h00 e 19h00.


Fonte: Rondoniaovivo - João Paulo Prudêncio

Tag's:

GOSTOU DA MATÉRIA, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS E FAMILIARES:




PUBLICIDADE





Rondônia | 16:31
Abertura Tânia Camargo Rondoniaovivo

Política | 16:25
Vereadores de Ji-Paraná exaltam trabalho de Airton Gurgacz

Automóveis/Motos | 16:06
Toyota russa antecipa rumos do Corolla no Brasil

Automóveis/Motos | 15:45
Teste Honda XRE 300: Aventure-se

Capital | 15:34
CINE VENEZA – Confira os ganhadores da promoção do fim de semana

Brasil | 15:31
Rio-2016 tem solução para Dilma e Temer na cerimônia de abertura

Brasil | 15:16
Equipe de TV alemã tem equipamentos roubados no Rio

Política | 15:10
Os velhos andrajos da política local

Corumbiara | 14:17
Tribunal reconhece conflito fundiário em propriedade na Gleba Corumbiara

Polícia | 14:17
Homem que matou idosa de forma brutal é condenado a 27 anos

Educação | 14:20
MEC adia cronograma do Fies; conclusão da inscrição será a partir do dia 15

Capital | 14:12
Estendido até 8/7 prazo para envio ao TCE da declaração de bens e renda

Política | 14:14
Raupp anuncia a liberação de R$ 500 mil para construção de sede da prefeitura

Brasil | 14:04
Rosa Weber suspende ações de juízes do Paraná contra Gazeta do Povo

Polícia | 13:58
Suposto cadáver de militar do Exército é encontrado no Rio Candeias

Opinião de Primeira | 11:59
Fundo partidário enche os bolsos de quem não enche uma Kombi

Brasil | 11:54
Após liberação de Paulo Bernardo, Beira-Mar pede para ser julgado pelo STF

Esportes | 11:50
Confira o placar final do 4º Festival Esportivo 2016 de Futebol

Rondônia | 11:48
Agentes estão aptos para atuarem com intervenção rápida

Brasil | 11:39
Justiça brasileira bloqueia R$ 19,5 milhões do Facebook

Rondônia | 11:40
DER divulga lista dos inscritos no processo seletivo

Tecnologia | 11:28
Microsoft América Latina dá boas-vindas a novo presidente

Capital | 11:09
Servidor oferece recompensa para encontrar materiais furtados