Haitianos que merecem o Brasil... Brasileiros que merecem um Haiti! – Por Santiago Roa - Rondoniaovivo.com - NOVO TELEFONE: (69) 3229-8673 Haitianos que merecem o Brasil... Brasileiros que merecem um Haiti! – Por Santiago Roa

Anterior

01/12/2011

Anterior

Próxima

01/12/2011

Próxima
Página Inicial
Rondônia ,
Twitter Rondoniaovivo.com YouTube Rondoniaovivo.com Facebook Rondoniaovivo.com Rss Rondoniaovivo.com

Haitianos que merecem o Brasil... Brasileiros que merecem um Haiti! – Por Santiago Roa

Quinta-Feira, 01 de Dezembro de 2011 / 10:09

Quem anda pelas ruas de Porto Velho, capital de Rondônia, observa que após o susto da invasão de Haitianos a vida segue leve. O mesmo deve acontecer em Rio Branco (AC) e Manaus (AM), pois, os irmãos da ilha abalada por catástrofes, corrupção e outras desgraças reagiram e atravessaram o mar em busca de um Norte verdadeiro. Tudo bem que vieram mais para o sul, perante o posicionamento geográfico, no entanto notamos que eles respiram esperança. Vou tentar explicar ao longo do texto.

Eles que ao chegar, munidos de poucas roupas em sacolas improvisadas foram colocados no Ginásio Cláudio Coutinho, na capital das Terras de Rondon. Pereceram na condição de atração como mão de obra exposta para muitos empresários brasileiros e curiosos. Após alguns dias instalados de forma improvisada, uma constatação: Nenhuma embalagem sequer de marmita, resíduos ou mau cheiro era exalado daquela praça esportiva, com mais de 200 pessoas. Informações dão conta que cerca de 70% dos haitianos possuem nível superior, educados nos moldes europeus, falando três idiomas, asseados e dando uma chinelada na hipocrisia de brasileiros preconceituosos.

Só para comparar. Um dia e meio em uma instalação tomada por funcionários rebelados da Usina de Jirau a anarquia era notória, com o lixo jogado, fedor por falta de banho, sendo que as instalações eram até melhores que o ginásio Cláudio Coutinho com banheiros e locais de banho. Uma bagunça instaurada por uma horda que precisou de uma mobilização das forças públicas de segurança, para evitar um caos apregoado por uma leva de irresponsáveis que atrapalharam e muito a manutenção da ordem por meio de veículos de comunicação e redes sociais, sem a teta governamental. Isso é para outro artigo, enfim...

Podem até questionar, que eram milhares ao invés de centenas, mas higiene e algo que vem de casa. O que quero opinar neste humilde artigo, é que nós, povo brasileiro, temos a excelência em reclamar e pouco agradecer.

O povo haitiano, chegou, arregaçou as mangas e buscou trabalho. Hoje notamos que circulam exibindo seus belos sorrisos, pedalando suas bicicletas recém compradas, falando ao celular e reconstruindo suas vidas por meio das oportunidades oferecidas nesta terra maravilhosa. Os haitianos economicamente e em pouco tempo estão evoluindo, preenchendo as brechas deixadas por muitos brasileiros que acham que tem o rei na barriga.

Ao trafegar pela Avenida Jorge Teixeira, vemos vários brasileiros entregues aos entorpecentes, bebidas e ao puro gosto pela vadiagem e ou preguiça. Não vão correr atrás de nada, pois é mais cômodo se fazer de vítima como pobres perseguidos pelo sistema. Estes mal agradecidos deveriam passar um tempo no Haiti, para ver o que é miséria, pois hoje o vício deles é sustentado pela benevolência de muitos brasileiros que dão moedas, e míseros trocados.

Se eu for entrar na seara dos que chegaram aos píncaros da glória, por meio da esperança do povo que os alavancou a vida pública e de lá, apunhalaram muitos com suas peripécias, não saio mais daqui. Aqueles que foram embebedados pelo poder e entorpecidos pelo canto da seria da corrupção, tiraram a chance do povo brasileiro de bem em receber o tratamento que merece. Será que estes representantes do povo, com seus bolsos cheios merecem um Haiti? Como vemos que a justiça existe, um Presídio Federal é considerado um luxo. Urso Branco neles, pois o Haiti não merece mais desgraça.

Fonte: Blog Santiago Roa

2 Comentários

Comentar Notícia

  • Rafael de Souza Leite02/12/2011 - Porto Velho/RO

    Ja vi muita gente falando mal desses haitianos. que eles são mal encarados e etc. essa materia cala a boca de muita gente.

  • ZÉ DO CAROÇO01/12/2011 - porto velho

    Este artigo revela um ponto interessante: você não vê esses imigrantes haitianos nas PÁGINAS POLICIAIS ou aprontando nos INFERNINHOS de PVH. De vez em quando aparecem uns FORASTEIROS de outros estados (fugitivos), que se dizem em busca de emprego, "aprontando". Nada contra os que vêm de fora em busca de algo melhor, só que de TRANQUEIRA RO está cheia. Vide a CLASSE POLÍTICA.

Últimas Notícias

10:20

QUEM É QUEM - Anunciado por Confúcio os novos secretários para o seu novo mandato

10:14

Acidente entre veículos na RO-470 deixa três feridos

09:57

Assinada ordem de serviço para construção da Escola Pato Donald

09:58

Câmara aprova reajustes para os três poderes

09:51

Diário Oficial RO - 17/12/2014

09:54

Estudante é preso após furtar TVs da própria escola

09:48

Apenados recebem panetones e refrigerantes para o Natal

09:43

Policia militar é recebida a tiros ao realizar abordagem

09:32

Contas de Confúcio Moura são aprovadas por unanimidade

09:31

Homem é preso por gravar filho fazendo sexo com cão

09:28

Suspeito de tentativa de roubo é preso por populares

09:19

Fornecimento de água será interrompido para reparos na rede

09:21

Adolescente é preso após assaltar veículo de motoboy

09:12

Três pontes de concreto serão inauguradas no município

09:04

Justiça determina construção de parque infantil na APAE

08:55

Fiscalização na região é intensificada na época de piracema

08:44

Muro de contenção é consertado apenas dois meses depois

08:46

OPINIÃO DE PRIMEIRA – O mercúrio mata. E ele está voltando com o garimpo – Por Sergio Pires

08:45

Servente é preso acusado de tentar estuprar irmã de amigo

08:41

Sticcero entra em recesso no dia 20

09:35

INBOX Vidros - Compre seu BLINDEX e pague direto na indústria.

Veja Mais

Publicidades