Terça-Feira, 11 de Dezembro de 2012 às 14:46

Ji-Paraná se prepara para tornar-se centro de turismo de negócios em RO

Entre 2010 e 2012, 16 empresas de Ji-Paraná (RO), dos setores de hotelaria e gastronomia participaram do projeto Turismo de Negócios em Ji-Paraná, realizado pelo Sebrae com o intuito de preparar essas empresas para receberem eventos e o turismo de negócios para a cidade e fomentando o crescimento sustentável da economia regional.
“Antes de participar das ações do projeto eu procurava algumas máquinas para cozinha profissional que pudessem facilitar e otimizar o meu trabalho, entre elas uma máquina de cortar batatas, mas não encontrei nada no mercado local.”, declarou Maria Geni Bierende, coproprietária do Buffet Terraço, ao falar sobre a participação de sua empresa no projeto Turismo de Negócios em Ji-Paraná, que foi encerrado em dezembro de 2012 com a realização da 1ª Semana Gastronômica de Ji-Paraná.
Ações, profissionalização e melhorias - Desde seu início o projeto melhorou o índice de satisfação dos clientes atendidos pelas empresas em mais de 10% assim como ampliou, significativamente, a taxa média de ocupação dos hotéis. Para atingir esses objetivos foram realizadas capacitação de mão de obra, consultoria tecnológica e de gestão, missões a grandes feiras do setor de hotelaria e gastronomia da América Latina como a Equipotel e a Fispal, em São Paulo. Também houve uma visita técnica à Serra Gaúcha a fim de proporcionar aos empresários a ampliação de seus conhecimentos sobre as maneiras de captação de eventos.
A participação efetiva das empresas foi de grande importância para o alcance dos resultados do projeto. Elas não mediram esforços para possibilitar a participação de seus colaboradores nas capacitações, bem como na minimização de custos através da cessão de espaços para a realização dos cursos ministrados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Comércio (Senac) ao longo dos três anos de realização do projeto.
 As empresas aumentaram sua produtividade e melhoraram a qualidade dos alimentos que produzem por meio do Programa Alimento Seguro (PAS), que possibilitou o aumento na qualidade e na segurança da manipulação dos alimentos. Agora as empresas que participam do PAS estão aptas a utilizar a capacitação como um diferencial de marketing.
Os resultados alcançados pelo projeto foram muito positivos e superaram as metas iniciais. O índice de satisfação dos clientes, após os três anos de capacitações nas empresas, cresceu cerca de 15% nos hotéis e 25% nos restaurantes. A taxa média de ocupação dos hotéis teve um crescimento médio de 17% em relação a 2010. Os empresários aumentaram seu interesse com relação à melhoria da gestão de seus negócios, ao atendimento dos clientes e ao marketing da empresa, entre outros.
 Investimentos nas empresas - Diversos empresários foram beneficiados com as linhas de crédito oferecidas pelo Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) e pelo Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO). Assim puderam investir na melhoria e na ampliação de seus negócios.
“Antes a minha cozinha era escondida, escura e pouco arejada. Os meus funcionários não eram uniformizados, eu não tinha um escritório para atender aos clientes, nem um sistema para organizar a despensa e as geladeiras. Hoje o perfil do meu buffet mudou. Tenho uma cozinha funcional, clara, arejada e próxima ao escritório onde recebo os meus clientes, que têm a oportunidade de observar como trabalhamos. Além disso, sozinha, nunca teria tido coragem de sair de Ji-Paraná para visitar uma feira de negócios em São Paulo. Lá eu encontrei muitos maquinários que há anos eu procurava para facilitar a minha produção. Agora quero continuar a inovar sempre! Descobri que frequentar as feiras do meu setor é um investimento importante para a empresa. Não tenho mais receio de sair para conhecer o mundo.”, explicou Maria Geni do Buffet Terraço.
Centro de eventos e turismo de negócios - Ainda durante o projeto foi realizado um diagnóstico sobre o setor de turismo de negócios que dá subsídios para o planejamento de eventos municipais e sugestões para potencialização dos eventos já existentes. Esse trabalho representa uma oportunidade para que Ji-Paraná possa atrair eventos e profissionalizar o setor. A Associação Comercial e Industrial de Ji-Paraná (Acijip), em parceria com o Sebrae e o Governo do Estado está fomentando o planejamento do projeto para a construção de um centro de eventos em Ji-Paraná e criou um braço de turismo de negócios a fim de iniciar a captação de eventos para a região.

Fonte: Assessoria - Sebrae

PUBLICIDADE
gustavo oliveira

Por 17 anos morei em Ji Paraná e há 16 estou em Porto velho, mas admito que Ji Paraná é o grande centro de Rondonia, a melhor cidade para morar, a mais aconchegante e principalmente, com uma população acolhedora. Turismo de negócio se for bem pensando, trabalho e implementado, pode vir a ser um caminho para a capital da Br. Daqui ficarei na torcida sempre.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capital 31/07/2015 11:07

Aula inaugural da Escola de Música da Polícia Militar lota Teatro

Rondônia 31/07/2015 10:44

Procon capacita servidores para operar novo software

Jaru 31/07/2015 10:36

Ministério Público discute estratégias para combate a queimadas

Jaru 31/07/2015 10:30

Patrulha da PM prende foragido da Justiça na Rodoviária Interstadual

Rondônia 31/07/2015 10:26

PJe homologa divórcio em menos de 24 horas

Rondônia 31/07/2015 10:27

MPRO apresenta fluxogramas das rotinas das Promotorias de Justiça

Ariquemes 31/07/2015 10:18

Quatro menores são apreendidos e um maior é preso suspeito de comercializar drogas

Brasil 31/07/2015 10:07

Zimbábue defende extradição de americano que matou leão Cecil

Esportes 31/07/2015 09:53

Atletas vilhenenses participam de competição de Karatê em Alvorada do Oeste

Brasil 31/07/2015 09:59

Venezuela expropria armazéns de alimentos de empresas privadas

Espigão do Oeste 31/07/2015 09:55

Adolescentes deixam velas acesas e incendeiam casa

Esportes 31/07/2015 09:49

Copa Portal da Amazônia de Futebol de Base começa neste sábado

Governador Jorge Teixeira 31/07/2015 09:41

Hospital Municipal é esvaziado para reformas

Brasil 31/07/2015 09:38

Pesquisas mostram avanço de suicídio entre policiais brasileiros

Capital 31/07/2015 09:34

Secretários têm 15 dias para explicar irregularidades

Brasil 31/07/2015 09:21

Dodge Tomahawk é a moto mais cara e rápida do mundo

Vilhena 31/07/2015 09:18

Presidente da Fundeb dá explicações à Polícia Federal

Cultura 31/07/2015 09:16

Peão conquista Rodeio Qualify da Expoari

Capital 31/07/2015 09:15

Projeto de castração evitar reprodução e abandono de animais nas ruas

Jaru 31/07/2015 09:07

Mãe é presa por acobertar furtos de aparelho de som