69 99353-3037 | 69 3225-5866

Logo Rondoniaovivo - Notícias, Classificados e Banco de Empregos de Rondônia

Sábado, 30 de Julho de 2016


Segunda-Feira, 14 de Janeiro de 2013 às 14:06

69 99353-3037

Mãe é condenada por forçar filha de 14 anos a fazer sexo com companheiro que ameaçava ir embora

O Tribunal de Justiça de São Paulo condenou a 10 anos e seis meses de prisão uma mãe que, por medo que seu companheiro fosse embora, forçou sua filha de 14 anos a ter relações sexuais com ele. A sentença do caso, que aconteceu em 2003 na cidade de Pedreira (135 km de São Paulo), foi dada na sexta-feira (14).
A mãe (identificada como C. F. M.) ameaçou a filha, Cintia, dizendo que a levaria para morar com o pai, que é foragido da Justiça e com quem a menina não tinha boa relação, caso não aceitasse ter relações com seu companheiro (identificado como A. R. D.). Assim como a mãe, ele também foi condenado a oito anos de prisão por estupro.
De acordo com o processo, que correu em segredo de justiça, o homem manteve relacionamento amoroso com a mãe por seis anos e, por diversas vezes, tentou romper o romance, encontrando objeção por parte dela.
Em março de 2003, ele, "aproveitando-se da situação de carência por que passava C. F. M., condicionou a manutenção do relacionamento à prática de relações sexuais com sua filha. Obstinada em manter a relação, C. F. M. comprometeu-se a convencer a Cíntia".
Segundo a denúncia, a mãe então ameaçou a adolescente, dizendo-lhe que caso não aceitasse manter relações sexuais com o companheiro, iria deixá-la morando com o pai, fugitivo de uma penitenciária, e ameaçou que se suicidaria caso o companheiro a abandonasse.
Ainda segundo a denúncia, Cíntia, sabendo que sua mãe já tentara se matar em outras ocasiões e temerosa em residir com o pai, aceitou a proposta.
Crime gravado
Após convencer a filha, a mãe levou o companheiro até o quarto da adolescente e também ligou uma câmera filmadora sem que ele percebesse. Depois dos abusos que aconteceram naquela noite, a mulher continuou a ameaçar a filha e nas duas semanas que se seguiram ainda houve outros três encontros.
À Justiça, a mãe alegou que a filha fez tudo por livre e espontânea vontade. Afirmou que falou com a adolescente sobre a proposta de seu companheiro e que, embora ela tivesse inicialmente recusado, depois aceitou, por ver a mãe triste com o provável rompimento de seu relacionamento.
Já o companheiro negou que havia tido relações com a jovem, embora ela tivesse feito a proposta. De acordo com ele, por diversas vezes a adolescente teria se insinuado andando em casa de toalha e se exibindo.
Entretanto, o testemunho de um funcionário que alugou o aparelho de filmagem usado por pela mãe e de outras duas pessoas que afirmaram ter visto a fita, convenceram os desembargadores de que houve o estupro.
A fita nunca foi apresentada em juízo. De acordo com a mãe, quando seu companheiro descobriu a existência da gravação exigiu a fita e a quebrou.
Proteção fraternal
Segundo os psicólogos judiciários que conversaram com a vítima, embora a adolescente tenha confirmado as ameaças da mãe, ela também se esforçou para convencê-los "do quanto atualmente a genitora vem desempenhando a contento as funções maternas".
Para os médicos, o fato de a mãe correr o risco de ser condenada aumenta o sentimento de culpa da adolescente.
A defesa dos condenados ainda não foi notificada da decisão do TJ e afirmou que tentará recorrer da decisão no STJ (Superior Tribunal de Justiça). Entretanto, há dúvidas se o processo possui os requisitos para ser analisado pelo STJ.


Fonte: UOL

Tag's: Rondoniaovivo,

GOSTOU DA MATÉRIA, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS E FAMILIARES:

69 99353-3037








Cacoal | 11:59
População interdita rua devido excesso de poeira por causa de caminhões

Entretenimento | 11:44
Show de Wesley Safadão é marcado por vaias e som baixo

Cultura | 11:37
São Carlos do Madeira é tema no Flor do Maracujá

Brasil | 11:35
Justiça condena revista IstoÉ e concede direito de resposta à Dilma

Cultura | 11:20
PROMOÇÃO – Doe 1kg de alimente e ganhe 50% de desconto na compra do ingresso

Esportes | 11:22
Namoro conturbado de Diego Hypólito preocupa o COB, diz jornal

Capital | 10:57
ABSURDO – Flanelinhas cobram R$ 10 em via pública na Flor do Maracujá

Opinião de Primeira | 10:54
Alguém ainda lembra quem é e onde anda dona Dilma Rousseff?

Rolim de Moura | 10:50
Eleita a Rainha da 31ª Expoagro 2016

Econômia | 10:48
CRISE - Posto vende gasolina parcelada em até três vezes no cartão

Humor | 10:41
Pessoas afirmam que diabo andou em teto de boate em Rondônia

Brasil | 10:19
Vexame da Vila Olímpica expõe vícios da corrupção

Rolim de Moura | 10:17
Ônibus escolares retornam na segunda-feira

Jaru | 10:14
Animais silvestres na BR 364 representam perigo para os motoristas

Rondônia | 09:57
Comissão do governo media conflito agrário em Seringueiras

Ciência e Saúde | 09:55
Exames para detecção da leucemia são inseridos à tabela do SUS

Brasil | 09:44
Animais morrem de fome em zoológico na Venezuela

Ariquemes | 09:37
Homem encapuzado invade fazenda e tenta contra vida de produtor

Brasil | 09:34
MAPFRE - saiba como funciona a fraude nas seguradoras

Brasil | 09:33
Novas regras exigem mais tempo de trabalho para a aposentadoria

Brasil | 09:25
Concurso de bombeira no DF exige papanicolau ou 'hímen íntegro'

Política | 09:20
Jornalistas debatem eleições 2016 com representantes do TRE/RO

Vilhena | 09:15
SNAPCHAT: Droga que transforma pessoas em zumbis é aprendida