NÃO É NOVIDADE CAOS NO JPII - De quem é a culpa? Governo, Prefeitura, Usinas ou da própria Globo? - Rondoniaovivo.com - NOVO TELEFONE: (69) 3229-8673 Isto mesmo, para a poderosa Globo nenhum problema grave está acontecendo para justificar a presença de tanta gente amontoada. Tenham a santa paciência. Nada grave os cambau.

Anterior

12/01/2011

Anterior

Próxima

12/01/2011

Próxima

Rondônia ,

NÃO É NOVIDADE CAOS NO JPII - De quem é a culpa? Governo, Prefeitura, Usinas ou da própria Globo?

Quarta-Feira, 12 de Janeiro de 2011 / 10:53

Na noite desta terça-feira (11), o Brasil tomou conhecimento do circo de horror chamado Pronto Socorro João Paulo II, nosocômio que atende pacientes de Porto Velho e Interior. Porém a reportagem realizada por uma equipe enviada especialmente para escancarar a realidade da saúde pública de Rondônia deixou a desejar.(VEJA AQUI)
A situação esdrúxula e aviltante a qual os contribuintes rondonienses são submetidos no JPII não é nenhuma novidade, muito menos um “furo jornalístico”. Desde junho de 2009, o Rondoniaovivo publicas reportagens com imagens exclusivas das condições subumanas dos pacientes do JPII. ( VEJA AQUI) ( VEJA OUTRA AQUI).
Até o texto da matéria global muito se assemelha ao publicado pelo seu jornal eletrônico. A única diferença é que tivemos que fazer a reportagem no método “câmera escondida”. ( VEJA VÍDEO DE 2009 AO LADO) Totalmente diferente do repórter que chegou a fazer passagem na porta da UTI – Unidade de Terapia Intensiva. Será que daqui dois meses algum jornalista local vai poder filmar abertamente dentro do JPII. Ou esta matéria foi tudo um jogo de cena para justificar a necessária e urgente intervenção federal na saúde de Rondônia?
O repórter global pecou ao não dar importância para o porquê da super lotação do Hospital. De modo simplista, para os profissionais da Rede Globo –  “As pessoas estão realmente sofrendo, sem que tenha acontecido nenhum problema grave que justifique um amontoado de pacientes nos dois principais hospitais do estado à espera de atendimento”.
Isto mesmo, para a poderosa Globo nenhum problema grave está acontecendo para justificar a presença de tanta gente amontoada. Tenham a santa paciência. Nada grave os cambau.
Para esclarecer a vesga visão, que deve ser também da afiliada local, temos dois graves problemas que incharam a saúde em Porto Velho.
Primeiro, está é a única capital do Brasil que não possui nem pronto socorro, nem hospital municipal.
Isso mesmo, a única capital do Brasil sem os serviços públicos de saúde municipaL. Isto por culpa dos últimos prefeitos, incluindo a atual gestão que já está no poder há sete anos. Ninguém que passou pelo palácio Tancredo Neves teve vergonha na cara para resolver o problema. Aliás, nos arquivos do Rondoniaovivo temos um vídeo do atual prefeito Roberto Sobrinho elogiando o JPII. Enquanto não houver uma intervenção do município de Porto Velho o problema vai persistir.
Segundo ponto, a construção das duas Usinas Hidrelétricas na capital de Rondônia, com o aumento de mais de 50.000 pessoas na população de Porto Velho. São famílias inteiras e trabalhadores que vieram para a capital construir a redenção energética do Brasil. Porém, nenhum hospital foi construído para atender o aumento da demanda. Lembra e muito os trabalhadores que no início do século passado  vieram construir a Estrada de Ferro Madeira Mamoré e se amontoavam no Hospital da Candelária.
Resta saber se o repórter foi instruído a não ver isto? Resta saber se o direcionamento da matéria não era para saber o porquê de tanta gente sem acesso a saúde digna. Aí o leitor pergunta? Mas e os governantes, não têm culpa?
Todos têm, a administração (Cassol/Caúla) que deixou o governo recentemente não deu a devida atenção. Tratou com desdém o problema e foi defenestrada nas urnas. O prefeito Roberto Sobrinho é outro que parece insensível ao caos na saúde de Porto Velho.
Mas não podemos esquecer-nos da própria Rede Globo, que possui uma afiliada na região e estava “cega” ao problema. Se praticassem jornalismo investigativo de verdade e não ficassem dando amém a todos os políticos que estão no poder, fazendo o jornalismo de “rapapé de gabinete”, quem sabe a pauta JPII já não teria há alguns anos subido para a matriz no Rio de Janeiro. Mas, sabe como é,  o departamento comercial precisa fechar a meta e aí, que se dane o povo.
Esperamos que com a conhecimento público brasileiro da situação na saúde em Porto Velho, o Governo Federal tome uma atitude célere para resolver o problema, que não é nenhuma novidade para o rondoniense.

Fonte: Rondoniaovivo

32 Comentários Comentar Notícia

  • Jamilton14/01/2011 - porto velho

    Quero parabenizar o site pela reportagem, sabemos que na verdade não é hora de encontrar um culpado e sim de resolver o problema, se nós fosse colocar na balança todos os politicos ficaria mais ou menos assim:
    CASSOL : fez muito pelo estado, deu uma arrumada nas estradas que não tinha, ampliou o hospital e pecou por não investir mais ainda na SAÚDE.
    DEPUTADOS: deveriam fazer muito mais, devolveram dinheiro ao CASSOL e não destinaram o dinheiro como realmente deveria ser destinado se foi destinado não fiscalizaram.
    PREFEITO: já fez alguma coisa pela capital no primeiro mandato, porque no segundo ta só mamando no municipio não estar fazendo nada, e nossa capital recebeu a maior verba do PAC para investimento no municipio e não fez nada pela SAUDE, voce duvida? visite os postos de saude, ele não dar conta nem mesmo da dengue imagine doenças mais graves, uma capital sem um hospital municipal é uma VERGONHA.
    USINAS: é uma vergonha nós aqui colocar culpa nas usinas e tambem vai um recado para os politicos que gostam de falar dos problemas de rondônia e colocar culpa nas usinas, as USINAS estão aqui porque voces autorizaram a construção, tem muito gente sim, mais todos sabia que teria muita gente, porque não se prepararam pra isso. USINAS NÃO TEM CULPA ALGUMA a CULPA é de quem tenta colocar a CULPA nas usinas.
    DR. CONFUCIO: Novo governador, pare de discurso já chega, agora é partir pra cima, abriu as portas do HJP 2 para a GLOBO abra tambem essas portas para os jornalistas locais daqui a 10 meses, mais só para os jornalistas que não vão se vender pra V.EXCELENCIA, chame a responsabilidade pra si chega de discurso e resolva o problema da SAUDE DO NOSSO ESTADO.

  • Juniel Silva Lima14/01/2011 - Porto Velho RO

    Finalmente vejo uma reportagem que escancara as verdadeiras intenções dos poderosos! Parabéns ao Rondôniaovivo! É minha gente, é extamente isso que acontece mesmo, os jornais são comprados facilmente pelos políticos para vincular somente o que lhes garantam a reeleição (vide Cassol/Sobrinho).
    A arrecadação do estado cresceu sobremaneira e o dinheiro pra onde foi? Poderia ter sido construído um hospital digno do país cubano aqui em Porto Velho, mas o que seria prometido nas próximas eleições????
    Desta feita, é muito cômodo para Confúcio Moura mostrar o estrago que não concertaram nas administrações anteriores para daqui a algum tempo o problema está amenizado, pelo menos, e garantir sua reeleição! Porra!! Essa é a obrigação de vc\'s seu canalhas passaram a ganhar 20,000,00 reais por mês e não conseguem gerenciar um dinheiro para resolver um problema desses, se tivessem pelo menos que trabalhar pra conseguir a verba, mas é so usar... Por sua vez, a toda poderosa Rede Globo sempre mostrando só o que quer mascarando o que Eles não querem que seja mostrado!!! E enquamto isso o povo diz... Amém!!!

  • ALESSANDRO MORAIS13/01/2011 - PORTO VELHO

    Antes de mais nada, a culpa em sí só, e somente ao Governo do Estado, nada mais, os recursos foram repassados ao governo estadual, que por sua vezes, deveria aplicar o dinheiro, em reformas, compra de material e medicamentos, e prevenção a dengue e malária, prefeitura, usinas, rede globo nada tem nada a ver com isso, prefeitura cuida o que e relacionado ao municipio,o consórcio da usina repassou dinheiro para o então governo da gestão passada para a construção de um hospital em PVH, mais o mesmo resolveu inaugurar o de cacoal, rede globo, simplesmente veio até Pvh fazer uma reportagem Especial ao JN, e o texto da matéria e simplesmente a trancrição da reportagem, que foi levada ao ar pelo JN,fazer repoortagem as escondidas e normal, simplismente a TV GLOBO, deve ter vindo a convite do governo, atual para mostrar a sociedade brasileira, o que acontece nos Hospitais Estudais de Rondônia.

  • Keila Rocha13/01/2011 -

    Acho que a pior forma de resolver um problema é buscando culpados. a diferença entre a pauta da globo e do Rondônia ao vivo, é que este site sempre busca culpados, ao invéz de encontrar uma forma de ajudar, ou simplesmente informar a população, sempre busca um meio de alfinetar o prefeito. Penso que a repórtagem da globo foi válida sim pelo fato de o Brasil todo ter ficado ciente do que ocorre aqui e o governo federal ajudar empregando recursos na capital. Se preocupam tanto em alfinetar que acabam perdendo a credibilidade. E só pra constar ninguém informou que nunca tinha sido feito reportagem, mas querendo ou não a globo é uma emissora de prestígio e de audiência então é bem mais fácil de ser ouvida.

  • Pedro Francisco13/01/2011 - Porto Velho / RO

    Não é possível mais continuar desta maneira. Vejam bem o riso de pouco caso deste senhor que se diz prefeito de nossa cidade, ele vai muito bem obrigado, viajando para a europa e outros lugares bem mais agradáveis que esta sofrida terra de ninguém. Se Porto Velho é hoje o que é, é porque nunca teve um administrador competente, todos que por aqui passaram se locupletaram do dinheiro público, deixando os miseráveis cada vez mais pobres e necessitados dos serviços mínimos para viver com um pouco de dignidade. Está chegando a hora de novas eleições municipais, espero que desta vez, o povo de Porto velho não se vendam por umas poucas moedas e nem por dinheiro nenhum, esqueçam o imediatismo e votem realmente para mudar. O exemplo está na foto desta matéria, nada fez, nada fará. A nova presidente eleita, nem vai terminar seu mandato, quem viver verá. Bom dia.

  • Évelin13/01/2011 - Porto Velho

    Eu gostaria que algum dos leitores que fizeram comentário, me explicasse aonde é que a saúde pública no Brasil não é um caos.

  • fabio13/01/2011 - porto velho

    desde que me entendo de porto velho isso significa desde meu nascimento o jp é um caos. agora vcs vêm por a mão na cabeça dos governantes anteriores... cai na real a culpa não é da globo ela só veio mostrar o que é o jp. a usina empenhou muito dinheiro na saúde por nossos governantes não terem feito a culpa e dela o loco. agora eu convido vcs do rondoniaovivo para caírem na real e publicar a verdade sobre a culpa... né governador que aí esteve...

  • Jornalista de Rondonia13/01/2011 - Oriximiná

    Bem, desculpa a sincerida.. até fico feliz em ver vcs escrevendo algo que seja negativo para o Exmo. Sr. Cassol e o Cahulla. Foi vergonhoso o jeito como este site e o Rondonia Agora trataram as noticias em época de eleição. Portanto, acho que os senhores não tem o que escrever. João Paulo é uma calamidade sim. Que bom que o atual Governador teve coragem de fazer o que fez, pq caso fosse reeleito duvido que o CACHULA faria algo.

  • Wilson Miranda12/01/2011 - Porto Velho

    Parabens pelo debate. Uma coisa que causa estranheza é a nao conclusao do hospital de Cacoal. Este ajudaria a desafogar um pouco os dois de Porto Velho. Outra ( o que a globo mencionou os dois hospitais de alta complexidade) mas em tais hospitais nao devem ser efetuados servicos de atendimentos básicos, compromisso este da PREFEITURA DE PORTO VELHO. Dos municipios vem os que necessitam atendimento especializado e de PORTO VELHO vem todos. Logo, necessário se faz também investir em Pronto socorro municipal, postos de saude, algo muito , (repito muiiito) mais barato que investir em hospital de alta complexidade. Enquanto hospital for fazer sutura, atender pequenas queimaduras, etc... esqueçam não tem solução, estes serviços devem ser prestados nos postos de saude, agora denominados UPAs.(nome bonito), mas nao precisa decorrar o nome, na proxima gestão estes postos de saude terao outro apelido, tudo atendendo o interesse público. E o povo Ó, (alguem lembra da expressao do humorista?)

  • eric luiz moreira ribeiro12/01/2011 - porto velho ro

    primeiro comentario e pra ser lido pois estamos em uma pais livre ,o governador esta mostrando a realidade que bateu nao mao dele ja no comeco de governo so que e uma pena pois rondonia so aparece desta forma e com mortes e com hospital lotado politico que compra votos politico mais rico da federacao oque seria mentirar ne ,quanto a questao de jornalismo todos faziam uma fanaceia de medos do ex governador que nao chega aos pes de varios homens poderosos por ai entao nao podiam dar creditos a materias contra o governo entao me pergunto cade o presidente do trt que nao ve o acordo que foi feito de aumento pra saude que nao pode sair por conta das eleicoes ou seja manobra politica do governo passado como pode se colocar um medico que diga de passagem e um bom medico na uti isto e sim mais nao tem equilibrio emocional pois e uma divergencia com um colega de trabalho deu lhe uma cabecada e o esmurrando o um homem de 1.80 contra um simples sr de meia idade por conta de uma dvergencia medica pg sera que o mesmo saiu do rj bem quando se e homem publico tudo vem a tona mais espero que melhore pois temos que ter fe ne bem oque falar do HB que foi surrado tambem pg nao mostram a garra da primeira turma que foi formada no creditar da odebrech por que nao mostra o erro do governo federal que nao constroi a ponte na 364 pra rio branco deixando ainda as arcaicas balsas novo governo criticar o ex governo de forma populista e feio e roupa suja se lava em casa vamos trabalhar pois todo governo tem seu lado bom e ruim

Últimas Notícias

Veja Mais

Publicidades