PIMENTA BUENO – Homem invade quintal e esfaqueia 4 pessoas - Rondoniaovivo.com - NOVO TELEFONE: (69) 3229-8673 PIMENTA BUENO – Homem invade quintal e esfaqueia 4 pessoas

Anterior

07/11/2011

Anterior

Próxima

08/11/2011

Próxima

Rondônia ,

PIMENTA BUENO – Homem invade quintal e esfaqueia 4 pessoas

Terça-Feira, 08 de Novembro de 2011 / 08:20

O esfaqueamento em massa aconteceu na noite desta segunda-feira (07), por volta das 19:10h na rua Rio Grande do Norte no bairro Nova Pimenta em Pimenta Bueno-RO.
O agente Cristiano Ferreira Da Silva (31 anos), chegou no referido endereço armado com uma faca e invadiu o quintal da residência, onde o mesmo é aberto, sem muros ou cerca, e logo partiu para cima do senhor Aristides de Souza (53 anos), e desferiu um golpe causando um corte na altura do pescoço.
Logo na seqüência dois filhos do senhor Aristides, Marciano Ferreira Da Silva (26 anos), Marcelo Araújo de Souza (23 anos), e o amigo Valdeir Pereira de Freitas, partiram para cima do agressor (Cristiano), com a finalidade de o desarmar, mas também acabaram sendo feridos a golpes de faca.
Marciano sofreu um corte profundo no braço direito, Marcelo foi atingindo com uma perfuração na perna esquerda e Valdeir sofreu uma perfuração na barriga.
O agente fugiu em seguida, deixando quatro pessoas esfaqueadas.
O Corpo de Bombeiros foi acionado e chegou rapidamente no local, socorrendo as vítimas Aristides, Marciano e Marcelo, já a quarta vítima (Valdeir), não permaneceu no local.
O corpo de Bombeiros encaminhou Aristides e Marcelo ao HPS, já Marciano se negou a ir, ficando no local. Momento depois o Corpo de Bombeiros recebe outra ligação para socorrer um homem esfaqueado na avenida Raimundo Soares número 669 na Vila Nova, ao chegar no local, pra surpresa dos Bombeiros, a vítima era Marciano, o mesmo que havia se negado a ir ao HPS, sendo assim o mesmo foi conduzido ao HPS. A quarta vítima que havia evadido-se do local, chegou ao HPS na garupa de uma motocicleta. Nenhuma das vítimas corre risco de morte.
Momento depois o agente ligou para polícia e se entregou, após realizar exame de corpo de delito o agente foi conduzido até a 9º DPC, onde o mesmo permaneceu preso.    
 Já na delegacia o agente disse: fiz isso pra eles aprenderem a nunca mais “roubar” ninguém.
O agressor Justifica o ato injustificável, em função de um possível furto cometido pelo senhor Aristides.

Fonte: Pimenta Virtual

0 Comentários Comentar Notícia

Últimas Notícias

Veja Mais

Publicidades