69 99353-3037 | 69 3225-5866

Logo Rondoniaovivo - Notícias, Classificados e Banco de Empregos de Rondônia

Domingo, 23 de Abril de 2017


Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2014 às 17:43

69 99353-3037 COMUNICAR ERRO

TRANSPOSIÇÃO – Negociações avançam em Brasília

A Procuradoria Geral do Estado de Rondônia (PGE), por meio de pareceres e farta documentação, apresentados à Advocacia Geral da União (AGU), comprova que não houve quebra do vínculo empregatício, quando da reintegração dos demitidos durante o governo de José de Abreu Bianco.

Os documentos e pareceres esclarecendo os últimos questionamentos sobre a transposição dos funcionários do estado de Rondônia, para o quadro federal, foram encaminhados, nesta quarta-feira (15), em reunião realizada na Casa Civil, em Brasília, com o chefe de gabinete, Leones Dall'Agnol, onde se buscou marcar uma audiência com a Ministra Chefe da Casa Civil, Gleisi Helena Hoffmann, a fim de dar celeridade ao processo da transposição.

Com a apresentação, via protocolo na Advocacia Geral da União (AGU), do documento contendo mais de 30 laudas, emitido pela Procuradoria Geral do Estado de Rondônia (PGE) em que, por meio de pareceres e farta documentação, comprova que não houve quebra do vínculo empregatício, quando da reintegração, pela lei 1.196 de 09 de abril de 2003, dos demitidos pelo decreto 8.954 de 17 de janeiro de 2000, durante o governo de José de Abreu Bianco.

O procurador da PGE, Luciano Alves, juntamente com os também procuradores Elder Guarnieri e André Barros, formularam o documento comprobatório que elimina mais este entrave ao andamento da transposição. A reunião pleiteada para o início de fevereiro com a ministra Gleisi Hoffmann, segundo Luciano, “tem como objetivo colocar todos os envolvidos no processo em uma mesma sala e zerar as pendências para, enfim, concluirmos esse longo processo que envolve esse contingente enorme de servidores”, conclui.

O levantamento histórico mostra que, ao demitir compulsoriamente os quase 10.000 servidores, o então governador do Estado, provocou dezenas de ações perante o Poder Judiciário. Em Mandado de Segurança, embora tenha considerado legal o ato exonerativo do governo, o Superior Tribunal de Justiça (STJ), fixou indenização de 01 (um) mês de remuneração por ano de efetivo exercício da função, a ser paga aos demitidos.

Complementando, o Advogado Domingos Borges da Silva diz que essa decisão poria fim nos litígios decorrentes das demissões. Entretanto, o que seria ato acertado da administração pública, ensejaria outro que dava um alento aos servidores. Através da Lei estadual nº 1.196, o estado de Rondônia, fez instituir direito valido aos demitidos a partir de sua edição, cujo poderia ser exercido através de “Acordo”, para “Reintegração” aos quadros efetivos da administração pública estadual.

Até hoje, dos quase 10.000 funcionários contratados até 1981, quando Rondônia ainda era Território Federal, 9.500 já estão aptos a serem inseridos no quadro de servidores da União, via transposição. Desses, 33 foram já foram transpostos, assim como 433 policiais militares, por via judicial.

Participaram da reunião, além do chefe de gabinete da Casa Civil, Leones Dall'Agnol, e dos procuradores Elder Guarnieri e André Barros, da PGE, a deputada federal Marinha Raupp e vários representantes de sindicatos ligados aos servidores a serem transpostos.


Fonte: Decom/RO

Tag's: Rondoniaovivo,

GOSTOU DA MATÉRIA, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS E FAMILIARES:

69 99353-3037




PUBLICIDADE





Polícia | 14:48
Caçador desaparecido é resgatado pelo NOA no Rio Madeira

Brasil | 11:54
Palco de Luan Santana desaba e deixa feridos em rodeio de Catanduva

Polícia | 08:51
TRAIÇÃO - Mulher flagra marido beijando amante e acaba presa

Polícia | 08:12
Criminosos invadem agência bancária na capital

Polícia | 02:14
NA CAPITAL – Casal é mantido refém dentro de porta mala em tiroteio com a PM

Brasil | 22/04/2017 | 22:32
Mega Sena acumula mais uma vez e pode pagar R$ 97 milhões

Polícia | 22/04/2017 | 22:30
PAULADA – Marido ataca esposa por causa de cachaça

Esportes | 22/04/2017 | 22:18
Palmeiras vence, mas Ponte vai à final do Paulistão

Polícia | 22/04/2017 | 22:17
BRINQUEDO DE MATAR – Menores são pegos com arma de pressão adaptada para 22

Polícia | 22/04/2017 | 21:59
FOGO - Curto circuito provoca incêndio no centro comercial de Guayaramerin

Polícia | 22/04/2017 | 21:26
MARIA DA PENHA – Homem tenta matar ex e amigo na capital

Polícia | 22/04/2017 | 17:26
Peixes apreendidos são doados para entidades filantrópicas

Polícia | 22/04/2017 | 16:54
Adolescente desaparecido no Rio Madeira é identificado

Brasil | 22/04/2017 | 16:12
Baleia Azul: 101 casos serão investigados a partir de segunda

Polícia | 22/04/2017 | 16:00
Violenta colisão entre motos deixa três pessoas seriamente feridas

Brasil | 22/04/2017 | 16:09
Transexual é assassinada em Belford Roxo, no Rio

Polícia | 22/04/2017 | 15:24
TRANSPORTE ILEGAL - Trio é preso com quase 400 quilos de peixes

Polícia | 22/04/2017 | 13:03
Barco com cinco pessoas afunda no Rio Madeira

Polícia | 22/04/2017 | 12:48
Técnico de refrigeração fica ferido em acidente de trânsito

Polícia | 22/04/2017 | 11:49
Nove são mortos em assentamento no Mato Grosso sendo alguns de Rondônia

Polícia | 22/04/2017 | 11:10
LOBO MAU - Jovens são presos após matar os 'três porquinhos', em Ji-Paraná

Política | 22/04/2017 | 11:01
Russia bane Testemunhas de Jeová do país

Polícia | 22/04/2017 | 10:44
PORTÃO ABERTO - Apenados fogem de presídio na capital