close
logorovivo2

Traficante "Mica" é transferido para presídio federal em Rondônia

Traficante Mica é transferido para presídio federal em Rondônia

DA REDAÇÃO

16 de Março de 2012 às 14:09

Traficante "Mica" é transferido para presídio federal em Rondônia

FOTO: (Divulgação)

O traficante Paulo Rogério de Souza Paz, o Mica, foi transferido na manhã desta sexta-feira da Penitenciária Laércio da Costa Pelegrino, Bangu I, no Rio, para a Penitenciária Federal de Porto Velho, em Rondônia, segundo informações da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). O criminoso era considerado o chefe do tráfico do Complexo da Penha e suspeito de integrar o Comando Vermelho (CV).
O preso deixou o Complexo de Gericinó às 5h acompanhado por seis viaturas da Seap e escoltado por 22 inspetores penitenciários do Grupamento de Serviço e Escolta (GSE). Ele foi conduzido até o aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim, o Galeão, onde às 7h30, embarcou em um avião com destino a Porto Velho.
Mica foi capturado em 20 de fevereiro em Maricá, na Região dos Lagos. O Disque-Denúncia chegou a oferecer recompensa de R$ 5 mil por informações sobre ele. O criminoso ganhou fama após organizar um tribunal do tráfico e condenar quatro comparsas, que em novembro de 2005 atearam fogo em um ônibus na zona norte do Rio, matando cinco pessoas.
A ideia do ataque surgiu a partir de um protesto de moradores contra a morte de um traficante do Morro da Fé. Mica executou o quarteto que participou do crime e jogou os corpos perto da extinta Delegacia de Repressão a Entorpecentes, no bairro Grajaú. Ele ainda tentou matar Anderson Gonçalves dos Santos, o Lord, que ordenou o ataque ao ônibus. Lord conseguiu fugir de Mica, que deste então permaneceu dominando o tráfico no Complexo da Penha.
Conforme a polícia, em 2007 Mica teria matado Elaine da Silva Benedito, uma de suas amantes, porque ela teria revelado que iria contar tudo para sua mulher. O criminoso também participou do sequestro de turistas chineses e do ataque e invasão ao Morro dos Macacos, em outubro de 2009.
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS