close
logorovivo2

LEI SECA: Oficial de Justiça, advogado, PC's e músico estão entre os 17 presos

Outras 3 pessoas foram detidas por ameaça, entregar veículo para pessoa não habilitada e desobediência

RONDONIAOVIVO

6 de Janeiro de 2018 às 08:23

LEI SECA: Oficial de Justiça, advogado, PC's e músico estão entre os 17 presos

FOTO: (Ilustrativa)

A operação Trânsito Vivo -  Lei Seca, prendeu 17 condutores por embriaguez na direção na madrugada deste sábado (06), em Porto Velho. A blitz foi realizada em dois pontos distintos, Avenida Amazonas com Daniela, bairro Cuniã e Avenida Calama, no Embratel. Outras 3 pessoas foram detidas por ameaça, entregar veículo para pessoa não habilitada e desobediência.

 

Entre os presos por embriaguez está um advogado de 30 anos. Ele dirigia um carro Peugeot 308, com a documentação atrasada. O homem recusou a fazer o teste e foi preso através de constatação, além de ter o carro apreendido. Dois policiais civis também foram presos, um de 28 anos, que recusou fazer o teste e o outro de 53 anos, que o exame apresentou resultou de 0,69 MG/L. 

 

Um oficial de Justiça de 58 anos conduzia um automóvel Pálio, quando foi abordado. O teste de bafômetro teve resultado de 0,67 MG/L. Um músico de 39 anos pilotava uma motocicleta Suzuki Burgman. O teste deu 0,48. A documentação da moto dele estava em atraso e foi apreendida. Um cabelereiro de 23 anos era o condutor de um carro modelo Ágile. O exame deu resultado de 0,44 MG/L.

 

Teve ainda um jovem de 23 anos que era passageiro de um dos presos por embriaguez. Ele xingou um agente do Detran e ainda agrediu e ameaçou um policial militar. 

 

Um jovem de 21 anos foi preso após tentar invadir a área isolada para os presos por embriaguez. Ele foi preso por desobediência e na Central de Flagrantes acusou os policiais de ter furtado R$ 20,00 da carteira dele. O suspeito foi enquadrado também por crime de calúnia. Em outro caso, um homem de 34 anos foi preso por entregar a direção de veículo para pessoa não habilitada. Ele era passageiro do automóvel, sendo que o condutor foi preso por embriaguez. Um homem de 33 anos detido por embriaguez  na direção deitou-se ao chão, afirmando que estava passando mal ao receber voz de prisão. O Samu foi chamado e não constatou nenhum tipo de problema com o suspeito. Mesmo assim, ele foi levado para a UPA Leste.

*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS