close
logorovivo2

REAÇÃO: Ex- marido tenta matar mulher e jovem atropelados e é recebido a tiros por vítima

A mulher estava na frente da oficina a qual é proprietária fazendo o pagamento para o funcionário

RONDONIAOVIVO

20 de Outubro de 2018 às 08:10

REAÇÃO: Ex- marido tenta matar mulher e jovem atropelados e é recebido a tiros por vítima

FOTO: (Divulgação)

Valdecir G. M.,50, foi preso na noite de sexta-feira (19) após tentar matar atropelada a ex-mulher de 40 e um jovem de 19 anos em frente a uma oficina de motos na Avenida José Vieira Caúla, bairro Igarapé, zona Leste de Porto Velho. Devido as constantes ameaças e agressões, a mulher possui uma medida protetiva e porte de arma de fogo. Ela teve que efetuar disparos para se defender da ação do suspeito.

 

De acordo com informações da ocorrência, a mulher estava na frente da oficina a qual é proprietária fazendo o pagamento para o funcionário que estava em uma moto. Em determinado momento, Valdecir chegou em alta velocidade e tentou matar as vítimas atropeladas. A mulher agiu rápido, sacou uma pistola calibre 380 e efetuou três disparos contra o carro.

 

Os tiros atingiram algumas partes do motor do veículo que parou de funcionar. As vítimas não foram atropeladas e correram para dentro da oficina. Em seguida, o suspeito empurrou o automóvel até uma borracharia nas proximidades, mas foi preso com a chegada da polícia.

 

A mulher contou que tem uma medida protetiva judicial a qual o ex-marido não pode se aproximar dela por menos de 100 metros. Ela apresentou a arma de fogo com o registro e porte expedidos pela Polícia Federal para que possa defender sua vida e dos filhos contra as tentativas de assassinato do ex-marido.

 

Já na Central de Flagrantes, ao ser questionado se tinha jogado o carro contra as vítimas, o suspeito afirmou: "Se joguei ou não, não sei, mas passaria por cima dela até arrancar a cabeça para jogar bola igual como fizeram no presídio". A ocorrência foi registrada como tentativa de homicídio.

*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS