close

CONFESSOU E FUGIU: "Mereço morrer, sou um lixo de ser humano", diz acusado de estuprar a enteada

A adolescente dormia no mesmo quarto que o padrasto

RONDONIAOVIVO

13 de Outubro de 2019 às 09:08

CONFESSOU E FUGIU: "Mereço morrer, sou um lixo de ser humano", diz acusado de estuprar a enteada

FOTO: (ILUSTRATIVA)

Registrado pela Polícia Militar na noite de sábado (12) o crime de estupro aconteceu em uma residência no bairro Mariana, zona Leste de Porto Velho (RO). O autor do crime, de 38 anos, fugiu antes da chegada da polícia.

 

Uma adolescente de 13 anos contou para a mãe que ao acordar surpreendeu o padrasto acariciando as partes íntimas dela. A mãe da vítima trabalha no período da noite. A adolescente estava dormindo no quarto da mãe em um colchão no chão, pois no ambiente tem ar condicionado e todas as noites é comum ela ir para o local.

 

Porém, na ocasião o padrasto aproveitou para cometer o crime. "Deixa o tio fazer massagem em você, sabe que sou teu amigo", disse o homem ao ser flagrado pela vítima.

 

A adolescente não aceitou e o suspeito parou com os abusos.  A vítima relatou o ocorrido para a mãe dela e o homem foi questionado. Ele respondeu: "Mereço morrer, sou um lixo de ser humano", disse o padrasto ao admitir o crime.

 

A Polícia Militar foi acionada, mas o homem fugiu do local. A Polícia Civil irá apurar o crime.

 

 

*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS