close

Deputado Airton Gurgacz ressalta ações parlamentares

O parlamentar destacou a construção da ponte sobre rio Urupá, na Linha 24, em Ji-Paraná, com 60 m de extensão, que estava há mais de dez anos caída. A obra foi possível graças a recursos do Fitha e por indicação parlamentar, em 2015, foi atendida pelo DER

DA REDAÇÃO

9 de Novembro de 2016 às 09:34

Deputado Airton Gurgacz ressalta ações parlamentares

FOTO: (Divulgação)

O deputado Airton Gurgacz (PDT), ao fazer uso da palavra durante o pequeno expediente na sessão ordinária desta terça-feira (8), destacou construção de ponte por indicação parlamentar, bem como emissão de documentos para idosos por parte do Detran.

O parlamentar destacou a construção da ponte sobre rio Urupá, na Linha 24, em Ji-Paraná, com 60 m de extensão, que estava há mais de dez anos caída. A obra foi possível graças a recursos do Fitha e por indicação parlamentar, em 2015, foi atendida pelo DER, ainda sob o comando do coronel Lioberto Caetano.

Atualmente a ponte está em fase de conclusão, faltando aterros que serão mais de mil caçambas de cascalho e irá favorecer vários municípios da região como Nova Londrina e Alvorada, favorecendo escoamento da produção agrícola que é muito grande.

O parlamentar também informou que o Detran de Rondônia está disponibilizando documento que libera estacionamento para idosos e com deficiência, bastando comprovar idade e ou deficiência para emissão de seu documento que deve ser exposto no vidro do carro, para que não ocorra a multa. Disse que nas cidades em que não houver a empresa de trânsito municipal, procurar o Detran ou a Ciretran local.

Comentou que o aumento dos valores das multas efetivado pelo governo federal, e que devem chegar aos cofres públicos seja utilizado para a educação no trânsito, bem como para sinalizações das cidades e outras providências, pois os hospitais estão superlotados com vítimas do trânsito.

A deputado Lúcia Tereza (PP) também reforçou o empenho dos governos para que utilizem corretamente os recursos, pois a saúde precisa ser mais bem tratada em todo o Estado, com mais recursos, equipamentos e medicamentos.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS