close
logorovivo2

AMPLIAÇÃO: Deputados estudam cessão de prédio antigo da ALE para Pronto Socorro João Paulo II

Presidente da Assembleia disse que parlamentares tentam ajudar a grave situação da saúde

ASSESSORIA

20 de Março de 2019 às 10:26

AMPLIAÇÃO: Deputados estudam cessão de prédio antigo da ALE para Pronto Socorro João Paulo II

FOTO: (Divulgação)

Os deputados estaduais de Rondônia estão discutindo com o governador Marcos Rocha a cessão da antiga sede da Assembleia Legislativa, no bairro Arigolândia em Porto Velho, para a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). O objetivo é criar uma ala do Pronto Socorro João Paulo II e desafogar o atendimento naquela unidade, tirando pacientes hoje alojados em colchões no chão do hospital, oferecendo dignidade a população. Esse foi um dos assuntos tratados pelo presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB), durante entrevista ao programa “A Voz do Povo”, apresentado pelo jornalista Arimar Sousa de Sá, na rádio Caiari FM 103,1 e em cadeia para 7 municípios através da rede Antena Hits.

 

O Governo tem um problema sério com o João Paulo II que é a falta de leitos e espaço. Estamos conversando com os deputados para o Estado criar um braço do João Paulo II no antigo prédio da Assembleia Legislativa”, disse o parlamentar. Hoje as antigas instalações do Poder Legislativo abrigam a Escola do Legislativo e algumas repartições da Casa. No decorrer da entrevista, bastante concorrida com ligações dos ouvintes de Porto Velho, Alvorada do Oeste, Ji-Paraná, Candeias, Jaru, entre outros municípios, Laerte cobrou um plano de ação imediata para recuperação das estradas estaduais. “Precisamos avançar nessa questão da malha viária. Não estamos culpando A ou B, mas é preciso uma ação efetiva. Estive com o coronel Meirelles (diretor-geral do DER) rodando a região central e testemunhas como as rodovias estão em péssimo estado”, discorreu o deputado.

 

O presidente da Assembleia defendeu um diálogo mais aberto e franco com o Governo Marcos Rocha, mas entende que a iniciativa deve partir do Poder Executivo. Ele voltou a tocar no assunto das taxas do Detran, anunciando a apresentação de um requerimento pedindo os dados dos últimos cinco anos de toda arrecadação e dos gastos do órgão com diárias e jetons para seus diretores. “O motorista de Rondônia paga as taxas mais altas do Norte do País”, voltou a criticar o parlamentar.

 

 

Atuação parlamentar

 

Sobre seus projetos na Assembleia, Laerte destacou a matéria beneficiando os advogados que atuam em processos públicos, desobrigando a autenticação em cartório, um pedido feito pela OAB e prontamente atendido pelo seu gabinete. O deputado falou da criação de um programa de sua autoria para chamar os policiais militares da reserva para atuar nas escolas públicas, garantindo segurança aos alunos e professores. “Um PM reformado, que entende de segurança pública, pelo menos impõe respeito no ambiente, garantindo a segurança de nossos alunos”, defendeu o presidente da Assembleia, lamentando a tragédia de Suzano (SP).

 

Em relação aos casos de feminicídio, Laerte também já propôs a criação de novas delegacias no interior e o plantão aos finais de semana em Porto Velho.

 

Encerrando sua participação no programa, o deputado Laerte Gomes está aguardando resposta do Governo a sua indicação para o Refis Rural, um programa de financiamento das dívidas dos produtores rurais, abatendo 95% dos juros e multas dos agricultores.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS