close

RONDÔNIA : Atuação de Léo Moraes foi decisiva em MP que pode reduzir valor da passagem aérea

Na última segunda (21) Léo Moraes subiu à tribuna da Câmara Federal para alertar sobre a urgente necessidade de votação dessa medida

ASSESSORIA

23 de Maio de 2019 às 18:49

RONDÔNIA : Atuação de Léo Moraes foi decisiva em MP que pode reduzir valor da passagem aérea

FOTO: (Divulgação)

Após atuação empenhada do deputado federal Léo Moraes (PODE) nessa pauta desde o seu mandato no legislativo estadual, foi votado ultima instancia durante sessão plenária realizada nesta última quarta-feira (22) a medida provisória que permite a participação em até 100% de capital estrangeiro em companhias aéreas no Brasil e garante a isenção da cobrança de bagagem até 23 quilos em aviões que possuam capacidade acima de 31 lugares.

 

Na última segunda (21) Léo Moraes subiu à tribuna da Câmara Federal para alertar sobre a urgente necessidade de votação dessa medida. À comissão que analisava a pauta, o parlamentar registrou através da Resolução Nº 400 de 13/12/2016, que a ANAC havia permitido a cobrança de franquias de bagagem com a justificativa de adequar o Brasil às normas internacionais e reduzir os preços das passagens, fato que não aconteceu até a presente data.

 

De acordo com a Fundação Getúlio Vargas – FGV, as passagens aumentaram em mais de 35% desde o ano de 2017, quando a bagagem passou a ser cobrada, além da cobrança inicial da bagagem que praticamente dobrou de valor.

 

O estado de Rondônia é uma das regiões do país que mais tem a ganhar com essas medidas aprovadas no Congresso através do empenho de Léo Moraes, já que sofre com um baixo numero de aviões comerciais disponíveis em decorrência dos entraves legais que impediam esse serviço á um preço mais em conta.

 

“Caso tenhamos outra visão e atendimento aos nossos passageiros a partir da abertura do mercado aéreo ao capital estrangeiro e a chegada de empresas de baixa tarifa, não tenho dificuldades em rever a cobrança das bagagens. O que não pode é ficar no atual modelo, em que lesa o passageiro sem qualquer benefício visível”, afirmou o deputado Léo Moraes.

 

O deputado seguirá analisando o andamento dessas medidas para verificar qual o retorno efetivo que elas irão trazer para o povo de Rondônia.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS