BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Cantor sertanejo suspeito de estuprar adolescente nega crime

Cantor sertanejo suspeito de estuprar adolescente nega crime

Da Redação

08 de Julho de 2013 às 09:19

Foto: Divulgação

Após a família de uma adolescente de 14 anos denunciar um suposto estupro envolvendo o cantor Marcelo, da dupla sertaneja João Lucas e Marcelo, a assessoria da dupla negou o crime. O abuso teria acontecido em um quarto de hotel onde o músico estava hospedado, na madrugada desta sexta-feira (5), depois de um show em Barreiras, no oeste da Bahia.

A assessora Fernanda Cappellesso confirmou que a garota esteve no hotel, mas nega que ela tenha encontrado Marcelo.
 
— A menina, o tempo todo, está alegando que esteve com o Marcelo. Mas o Marcelo, desde que chegou no show até o momento em que a equipe foi embora, Marcelo estava no meu quarto.


Segundo ela, Marcelo só soube do acontecido quando a polícia entrou no hotel a procura da adolescente.

— Interfonaram no meu quarto [...] Dizendo que a PM estava lá procurando uma moça, que o tio dela dizia que ela estava com um dos cantores. Eu disse, não está, porque o João Lucas está fora do hotel, e o Marcelo está aqui comigo. Com o Marcelo, ela não está.

A polícia de Barreiras ainda investiga a denúncia, que feita por um tio da adolescente. Segundo a polícia, a garota disse que foi ao quarto por vontade própria. Ela esteve no Departamento de Polícia Técnica de Barreiras para realizar exame de corpo de delito. O laudo deve ficar pronto em alguns dias.

Um inquérito, com base no Estatuto da Criança e do Adolescente foi aberto. A dupla ficou famosa no ano passado, após a música Eu quero tchu, eu quero tcha ficar entre as mais ouvidas por meses seguidos.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS