BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

COSTA MARQUES: MPE move ação por abuso de poder político e econômico em eleições

Várias foram as condutas adotadas pela chapa

MP/RO

03 de Dezembro de 2020 às 10:15

Atualizada em : 03 de Dezembro de 2020 às 10:17

Foto: Divulgação

 

O Ministério Eleitoral ajuizou ação de investigação judicial eleitoral contra o atual Prefeito de Costa Marques, Vagner Miranda da Silva, e seu vice, Cláudio Xavier Custodio, pela prática de abuso de poder político/econômico durante a campanha de reeleição ao cargo, em novembro deste ano.
 
 
A ação foi proposta pelo Promotor Eleitoral Marcos Geromini Fagundes, em razão de uso indevido de bens e pessoal da Administração Pública municipal, durante o período eleitoral, de maneira a ofender a livre e isonômica disputa democrática pelo poder, em benefício da candidatura à reeleição de Vagner Miranda da Silva e seu vice.
 
 
Conforme apurado pelo MPE, várias foram as condutas adotadas pela chapa, dentre as quais, a utilização de lei de fomento como forma de burlar a fiscalização; aumento exponencial dos serviços de maquinário público, pertencente à Secretaria Municipal de Agricultura e Obras de Costa Marques; uso indevido de bem público (máquinas e caminhões) e de motoristas para realização de serviços em áreas particulares.
 
 
Diante dos fatos, o MP Eleitoral requer que a ação seja julgada procedente de modo a ser decretada a cassação do registro ou do diploma de Vagner Miranda da Silva e de Claudio Xavier Custodio, bem como seja declarada a inelegibilidade de ambos pelo período de oito anos subsequentes ao pleito eleitoral de 2020.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS