RETROSPECTIVA: 'Retomada de onze eventos culturais evidenciaram as ações da Sejucel'

A Sejucel citou como exemplo o Arraial Flor do Maracujá e o Duelo na Fronteira.

RETROSPECTIVA: 'Retomada de onze eventos culturais evidenciaram as ações da Sejucel'

Foto: Divulgação

A Secretaria de Estado da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel) destaca o encerramento bem-sucedido do planejamento anual, apresentando investimentos do Governo de Rondônia com o enriquecimento cultural, uma série de ações estratégicas foi implementada, deixando um resultado significativo, principalmente no resgate de tradicionais eventos culturais que neste ano voltaram a ser realizados, a exemplo do Arraial Flor do Maracujá e do Duelo na Fronteira.

 

Retorno da Expovel

 

A 12ª Feira Agropecuária de Porto Velho (Expovel), realizada com apoio e investimentos do Governo de Rondônia, no Parque dos Tanques, movimentou R$ 2 milhões em negócios, consolidando o sucesso do retorno do evento. O balanço foi divulgado pela Sejucel. Com entrada gratuita e uma programação diversificada com rodeios, shows nacionais, exposição de animais e de produtos do agronegócio rondoniense, a Expovel atraiu uma média de 80 mil pessoas, nos cinco dias.

 

Baile da Rainha 


O Baile da Rainha, que teve a participação de nove jovens, naturais dos Estados de Rondônia e do Amazonas. A seleção foi feita pelos jurados, que avaliaram os quesitos de: beleza; simpatia; postura; berrante e chicote. Realizado em 18 de agosto, para promover a cultura e beleza local, eleição da Rainha da Expovel 2023; Princesas e Madrinha dos Peões.

 

Vaquejada e Cavalgada

 


Com 180 bois para 90 duplas, que competem nas categorias: iniciante, amador e profissional, mostrando desempenho e habilidade dos vaqueiros. A competição contou com vaqueiros do Estado de Rondônia, 20 duplas do Acre e quatro do Amazonas.

 

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha, os avanços na pasta da Cultura, em Rondônia, se concretizou com a execução de todo o plano anual das ações. “Foi investido na preservação e promoção da diversidade cultural, apoiando artistas locais e valorizando nossas tradições. Essas ações refletem no fortalecimento quanto à identidade cultural do Governo do Estado, garantindo um futuro para as próximas gerações”.

 

Festa do Divino

 

Com a finalidade de enaltecer o valor histórico, cultural e social do principal ritual festivo rondoniense, o Governo de Rondônia sancionou a Lei n° 5.252, de 11 de janeiro de 2022, que reconheceu a Festa do Divino Espírito Santo, no Vale do Guaporé, como Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial do Estado. A celebração ao Divino Espírito Santo acontece há 126 anos em terra rondoniense. A Festa do Divino Espírito Santo em Costa Marques, teve apoio do Governo de Rondônia, que garantiu recurso com verba de emenda parlamentar, destinada à alimentação dos fiéis no período do festejo.

 

39º Arraial Flor do Maracujá 

 

A retomada do Arraial Flor do Maracujá aos festejos de Rondônia contou com a participação expressiva da população, entidades de cultura, comércio, segurança pública, trânsito e demais órgãos públicos, além da imprensa que promoveu o trabalho de divulgação. O evento já era esperado por muitos, o que resultou em milhares de visitantes durante dez dias de apresentações. Realizado de 23 de junho a 2 de julho, com a participação de 32 agremiações. Campeões: Rádio Farol (Quadrilha) e Marronzinho (Boi-bumbá).

 

O festival Cultural de Nazaré

 

A celebração que acontece há 50 anos, em Nazaré, na região do Baixo Madeira, distrito de Porto Velho, contou com o apoio do Governo de Rondônia, que disponibilizou recursos destinados à estrutura. O Festival Cultural de Nazaré foi reconhecido como Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial de Rondônia, por meio do Decreto nº 28.188, de 14 de junho de 2023. O Governo do Estado assegurou a proteção e valorização desse importante evento, garantindo sua preservação sob a responsabilidade do Poder Público.

 

Festa Pomerana

 

A Festa Pomerana, que mantém viva a tradição destes imigrantes, foi reconhecida pelo Governo do Estado, por meio do Decreto nº 28.455, de 21 de setembro de 2023, como patrimônio cultural de natureza imaterial de Rondônia. O evento tradicional acontece em Espigão do Oeste. A Festa Pomerana tem o objetivo de preservar a identidade cultural do povo europeu, como os hábitos, costumes, gastronomia e religião. A 11ª Festa Pomerana contou com o apoio do Governo de Rondônia, que disponibilizou recursos provenientes da emenda parlamentar.

 

Duelo da Fronteira

 

Nos dias 13 a 15 de outubro, o município de Guajará-Mirim celebrou o “Duelo na Fronteira”. Após sete anos sem acontecer, em 2023, o evento ganhou nova vida com apoio do Governo de Rondônia, proporcionando ao público, uma experiência única de disputa e tradição entre os emblemáticos bois Flor do Campo e Malhadinho. O Governo do Estado emitiu o Decreto nº 28.455, datado de 21 de setembro de 2023, registrando oficialmente o Festival Folclórico de Guajará-Mirim: “Duelo na Fronteira”, como patrimônio cultural de natureza imaterial. Esse reconhecimento reforça o compromisso do Estado com a proteção dessas expressões culturais e sua preservação sob a responsabilidade do Poder Público.

 

Tributo à Tereza de Benguela e Zumbi de Palmares

 

O Governo de Rondônia promoveu a 3ª edição do Tributo à Tereza de Benguela e a 1ª edição a Zumbi dos Palmares, em um evento que foi realizado no Teatro Guaporé, em Porto Velho, O evento buscou reconhecer e premiar 10 personalidades negras que se destacam em Rondônia, promovendo uma cultura de paz, solidariedade, tolerância e igualdade racial.

 

Conferência Estadual de Cultura

 

Com o tema central “Democracia e o Exercício dos Direitos Culturais no Estado de Rondônia”, a 6ª Conferência Estadual de Cultura de Rondônia aconteceu no interior do Estado. O foco do encontro foi propor diretrizes ao Plano Estadual de Cultura, definindo prioridades necessárias para garantir o direito à cultura. Foram eleitos os novos conselheiros de cultura, e 40 delegados para representarem Rondônia na Conferência de 2024, que acontecerá em Brasília (DF).

 

Feira Nacional de Artesanato e Cultura

 

Artesãos de Rondônia representaram o Estado em Belo Horizonte, na 34ª Feira Nacional de Artesanato e Cultura, que se tornou o epicentro da arte e cultura nacional. O evento, que se destacou como uma das maiores feiras de artesanato da América Latina, apresentou o talento e a autenticidade dos artesãos de Rondônia. O evento contou com a participação de mais de 1.000 artesãos de diferentes partes do Brasil. Desse contingente, Rondônia obteve a sua essência expressa, por meio do trabalho minucioso de seis artesãos, selecionados através de um edital realizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae), em parceria com a Secretaria Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel).

Direito ao esquecimento
Nos últimos 25 anos, qual prefeito de Porto Velho teve a melhor gestão?
Como você classifica a gestão de Alex Testoni em Ouro Preto do Oeste?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS