ELEIÇÕES NA OAB: Candidatura de Márcio Nogueira úne de veteranos a jovens advogados

Discurso pró inovação tecnológica e defesa das prerrogativas consegue unir advogados de todas as idades para suas propostas

ELEIÇÕES NA OAB: Candidatura de Márcio Nogueira úne de veteranos a jovens advogados

Foto: Divulgação

Ao contrário do que imaginavam alguns, a base do discurso do candidato à Presidência da OAB pela chapa “Nossa OAB merece 10”, Márcio Nogueira, em defesa da inovação tecnológica na prática advocatícia, tem agradado tanto aos veteranos quanto aos jovens advogados. As diferentes camadas etárias veem muito mais simbiose que antagonismo nas propostas.
 
Essa semana Márcio Nogueira recebeu mais dois importantes e emblemáticos apoiadores veteranos. O advogado Marcos Vilela, considerado um dos maiores tribunos da advocacia criminal de Rondônia e o advogado Arquelau de Paula, um dos fundadores da OAB rondoniense e o primeiro inscrito na Ordem.
 
“Quem me conhece sabe que há anos venho lutando incansavelmente para que nossa advocacia possa se transformar e conviver com os novos tempos que vivemos, com o avanço das tecnologias e a simplificação dos processos. Muitos me questionavam, não me entendiam e sequer davam ouvidos para assuntos que hoje são tão latentes e necessários para o futuro da nossa profissão”, defendeu Márcio Nogueira numa pregação aprovada por jovens e veteranos.
 
Em conversa com Márcio Nogueira sobre o futuro da Ordem, o advogado Arquelau de Paula, falou de sua “imensa alegria de ter a certeza de estou escolhendo bem o futuro presidente. Como fundador, como segundo presidente, não poderia votar num candidato que me parecesse que não seria presidente comprometido em defender a Constituição e as prerrogativas do advogado. A missão principal do presidente está estabelecida na constituição. A Ordem é a guardiã da Constituição e Márcio saberá defender também as prerrogativas, tal qual esculpido no estatuto da Ordem”, testemunhou.
 
Em vídeo postado em suas redes sociais, Márcio Nogueira reforçou a proposta de inovações. “É hora de nos apropriarmos de ferramentas e mecanismos mais modernos para garantir mais agilidade nos processos e reduzir a burocracia. Nos últimos anos a nossa Ordem já iniciou esse processo, com a eliminação do papel e a digitalização de todos processos, mas precisamos seguir avançando ainda mais, para que a tecnologia possa trazer cada vez mais benefícios e vantagens para o nosso trabalho. Vamos juntos lutar por essa transformação”, convocou.
Direito ao esquecimento

O Rondoniaovivo quer saber: quando você vai assistir televisão, qual sua preferência?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS