ENQUETE: Como resolver o problema de animais de rua?

Expresse sua opinião na nova pesquisa de opinião do Rondoniaovivo

ENQUETE: Como resolver o problema de animais de rua?

Foto: Foto ilustrativa

Um cachorro late e rosna na rua, tenta te abocanhar as canelas. Persegue um ciclista apavorado; morde a virilha de um homem. Qual deve ser o destino do bicho? O Rondoniaovivo quer, em uma nova enquete, apurar a opinião dos internautas sobre um assunto pertinente: como resolver o problema dos animais de rua?
 
A bicharada domina as ruas, mas existem soluções variadas para a questão. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), somente no Brasil existem cerca de 30 milhões de animais abandonados -  sendo aproximadamente 20 milhões de cães e 10 milhões de gatos. 
 
Em Porto Velho, os animais de rua tem dado dor de cabeça. Como registrou o Rondoniaovivo, recentemente, cachorros que vagavam pelas ruas causaram acidentes. Ambos os casos aconteceram com motociclistas, que tiveram ferimentos leves - os dois cachorros não resistiram. 
 
Para além da cachorrada, em janeiro deste ano, um gato acidentou uma mãe e sua filha, ao atravessar na frente de uma moto em movimento. As mulheres, de 40 e 12 anos, ficaram feridas; a mãe inclusive teve suspeita de fratura na perna e clavícula - apesar disso, o gato sobreviveu.
 
Atualmente, o Brasil não tem um programa de resgate para animais de rua. Em Porto Velho, ONGs e associações - como a Associação Socorristas Animais e Peludos da Unir - buscam ajudar os animais abandonados. Os esforços para ajudar os bichos na rua são reais, e fazem diferença, mas tais organizações conseguem ajudar todos os animais de rua. Vezes por falta de incentivo financeiro, vezes por falta de políticas públicas.
 
Uma das sugestões para a resolução do problema é a volta dos serviços da ‘carrocinha’. O método é considerado cruel, já que os cachorros capturados são exterminados depois que o prazo para que o tutor resgate o bicho termina.
 
No Brasil, a prática da carrocinha foi proibida em 2021 após a Lei 14.228, de 20 de outubro de 2021. Em Porto Velho o serviço ainda estava em funcionamento até pelo menos 2013. Quando em atividade, era uma competência do Departamento de Controle de Zoonoses.
 
Na sua opinião, como deve-se solucionar o problema dos animais de rua? A carrocinha, mesmo que cruel, deve voltar? Deve voltar sem o fator do extermínio? As ONGs e associações devem ter um apoio maior do poder público? O governo deve assumir o papel de controle populacional dos animais? 
 
Expresse seu ponto de vista escolhendo uma das alternativas da enquete, anexada ao final da página. Vale lembrar que a enquete não tem valor científico, e é apenas uma pesquisa de opinião pública.
 
Como resolver o problema dos animais de rua?
 
A) As ONGs e associações devem receber maior apoio do público e do Governo
B) A carrocinha deveria voltar e levar os animais para o Centro de Zoonoses
C) O Poder Público deve assumir o encargo e manter o controle
D) Não sei ou não me importo
Direito ao esquecimento
Nos últimos 25 anos, qual prefeito de Porto Velho teve a melhor gestão?
Como você classifica a gestão de Alex Testoni em Ouro Preto do Oeste?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS