COLUNA SEMANAL: Porto Velho e Vilhena são as cidades com mais assassinatos em Rondônia

Conversas e mais conversas para as eleições é o que não faltam na capital; Censipam prevê que esse ano, teremos uma seca pior que a de 2023; Porto Velho Shopping tem evento voltado para autistas

COLUNA SEMANAL: Porto Velho e Vilhena são as cidades com mais assassinatos em Rondônia

Foto: Divulgação

Semana Santa

A Semana Santa chegou e com ela um momento para reflexão para todos, independente da religião. É uma celebração da Igreja Católica, mas a pausa nas atividades diárias vale para todos. Domingo é a Páscoa, a coluna deseja que seja uma oportunidade para união das famílias e amigos. Feliz Páscoa a todos!

 

Whatsapp

 

As eleições de 2024, que vão eleger os novos prefeitos e vereadores em todo país, já é um dos assuntos que tem dominado as conversas e os noticiários Brasil afora. Na internet então, os debates nos grupos de whatsapp estão acirrados. Em Porto Velho, as articulações estão a todo vapor.

 

Hildon Chaves

 

O tucano Hildon Chaves(PSDB) não pode mais se reeleger e luta com todas as forças para não perder a influência no comando da administração de Porto Velho. Alguns assessores do primeiro escalão dele na prefeitura foram exonerados a pedido, na última quarta-feira(27), para concorrerem à vaga no Legislativo municipal. O prefeito sabe que precisa garantir uma maioria na Câmara de Vereadores para que quem ele apoie, possa chegar ao comando da cidade tendo uma base forte no parlamento. Ter uma maioria sólida entre os vereadores na capital, não tem sido uma tarefa difícil na capital, pelo menos nas últimas legislaturas. A questão está em ganhar a eleição, aí a conversa é com os eleitores…

 

Candidatos a vereador

 

Quem deixou o secretariado na Prefeitura de Porto Velho para arriscar em uma vaga como pré-candidato a vereador foram: Wellen Prestes do cargo de superintendente municipal de Integração Distrital (SMD); Robson Damasceno saiu da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMA); Claudi Rocha que era da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semasf); e Evaldo de Lima, conhecido como Evaldo da Agricultura, que atuava como adjunto da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Semagric). Nessa dança de cadeiras no paço municipal, Fabrício Jurado, deixa o cargo de secretário-geral de Governo e passa a ser assessor executivo da Secretaria-Geral de Governo. Jurado também ocupa o cargo de secretário-geral do PSDB e da Federação PSDB-Cidadania.

 

Frente

 

Em outra frente na disputa pela prefeitura de capital, temos o advogado e professor universitário Vinícius Miguel(PSB) empenhado em unir os partidos de esquerda em torno do nome dele para concorrer à Prefeitura de Porto Velho. Muitas conversas estavam em torno da ex-senadora Fátima Cleide para compor com ele a chapa, porém, as indicações de bastidores são de que ela já teria declarado que não tem interesse em concorrer e prefere ficar na linha de apoio. Se isso for verdade, quer dizer que o PT da capital começa a aceitar a realidade em Porto Velho e em Rondônia. Isso é ótimo!

 

Vinicius e Benedito

 

Sendo assim, as conversas de Vinicius Miguel se voltam para o ex-conselheiro do TCE-RO, advogado Benedito Alves(PSD- Foto), que se mostra simpático à ideia. O objetivo é reunir partidos de esquerda e centro em um frentão em condições de vencer a disputa. É a Federação Brasil Esperança. Nessa tarefa de integração dos partidos está o senador Confúcio Moura(MDB). Inclusive uma reunião aconteceu na última quinta-feira(28), entre essas lideranças partidárias, onde ficou decidido que o PT iria consultar a Executiva Nacional sobre a situação em Rondônia.

 

Confúcio Moura

 

Por falar em Confúcio Moura, existe uma conversa de que o PT nacional quer que ele assuma de vez a defesa do Governo Lula, sem receio de dizer que apoia o ex-presidente a quem quer seja em Rondônia. Se isso for verdade, o experiente senador está em uma situação nada confortável. Afinal, Rondônia tem se mostrado um Estado extremamente bolsonarista e muitos eleitores de Confúcio, já se tornaram ex-eleitores dele devido à essa proximidade do ex-governador com o Governo Federal. O que é uma grande bobagem, afinal, é esse contato direto do senador com o Lula, que tem facilitado a entrada de recursos federais em Rondônia para diversos projetos. A população, ou melhor os eleitores que não pensam assim, deveriam sair dessa bolha da extrema direita e pensar como estado e não como um curral eleitoral de um grupo político radical que, quando no poder, nada trouxe de positivo para melhorar a qualidade do povo.

 

Porto Velho ruim

 

Uma reportagem da Folha de São Paulo confirmou aquilo que muitos sabem, mas não tinha certeza. Porto Velho é considerada uma das piores cidades do Brasil, em qualidade de vida. Isso é o que diz o Mapa da Desigualdade, divulgado pelo Instituto Cidades Sustentáveis. A capital rondoniense tem apenas 5,8% da população vivendo com esgotamento sanitário. O levantamento levou em conta dados como saúde, educação, moradia, renda, violência e saneamento nas 26 capitais. Esses dados mostram que, entra prefeito e sai prefeito, Porto Velho continua com os mesmos problemas de sempre.

 

 

Não aconteceu

 

Hildon Chaves prometeu desde o primeiro mandato transformar a capital em um canteiro de obras de saneamento. Infelizmente, depois de dois mandatos, isso não ocorreu! O próximo eleito terá uma missão nada fácil, porém, possível, que é a de deixar uma cidade mais digna para os seus moradores.

 

Tropa de Elite

 

O caso dos assassinatos da vereadora carioca Marielle Franco e do motorista dela, Anderson Gomes, finalmente chegou aos mandantes. Os envolvidos são os irmãos Domingos Brazão, conselheiro do Tribunal de Contas do Rio de Janeiro, e Chiquinho Brazão, deputado federal no Rio; além de Rivaldo Barbosa, ex-chefe da Polícia Civil carioca. Domingos Brazão, inclusive, foi transferido para o presídio federal de Porto Velho. Essa história toda mostrou que o filme ‘Tropa de Elite 2’, retratou o que é a mistura de  política e crime organizado no Rio de Janeiro e que também ocorre em várias partes do Brasil. Isso é um perigo para qualquer democracia!

 

Olavo Pires

 

Já em Rondônia, o caso Olavo Pires, continua sem esclarecimento há 34 anos. O assassinato do político em plena campanha para governador ocorreu em 16 de outubro de 1990. Desde então, esse crime é um mistério. As teorias sobre as razões para o assassinato são várias, mas nada oficial ou provado.

 

PVH e Vilhena

 

 

Falando em violência, o Observatório Estadual de Segurança Pública, registrou do dia 1º de janeiro até 29 de fevereiro, em todo o Estado de Rondônia, 83 assassinatos, sendo 4 feminicídios e 2 latrocínios(roubo seguido de morte). Esses são os últimos dados disponíveis. Nesse período, Porto Velho aparece no topo com 39 mortes violentas e, a um dia pacata Vilhena, vem em segundo com 10 assassinatos. É muito homicídio para um Estado com menos de 2 milhões de habitantes. Veja aqui !

 

Porto Velho violenta

 

O mês de março acabou de terminar e desde de janeiro, Porto Velho tem um balanço macabro. Nesses três meses, segundo a Delegacia de Homicídios,  a capital já contabilizou 57 mortes violentas, 18 a mais que os números do Observatório Estadual de Segurança Pública. A Delegacia de Homicídio também informou que foram abertos 51 inquéritos. Dados assim, são motivos de preocupação por parte da sociedade e de quem comanda a segurança pública em nosso Estado. Para você, que é o cidadão comum, tenha cuidado ao sair e, principalmente, evite confusões! Caldo de galinha e prudência não fazem mal a ninguém!

 

Espaço Alternativo

 

Tristeza! Essa palavra define o Espaço Alternativo hoje. A passarela sem iluminação é um monumento ao descaso e um triste cartão de visitas para quem chega em Porto Velho, pela primeira vez. O que deveria ser o primeiro impacto positivo para o turista acaba se tornado o primeiro susto quando desembarca na capital rondoniense. Desde fevereiro do ano passado é prometido pela Seosp, o final das obras do projeto básico de conclusão do Espaço Alternativo. Se ocorressem, o local contaria com estacionamento amplo, bicicletário, ciclovia, elementos de comunicação visual, acessibilidade, entre outros; como na projeção da foto. O valor estimado do investimento perfazia um total de R$ 6.803.822,22 (seis milhões, oitocentos e três mil, oitocentos e vinte e dois reais e vinte e dois centavos). Mas...!

 

Ji-Paraná

 

E Ji-Paraná, a segunda maior cidade de Rondônia, coração do Estado, novamente, está nas páginas policiais. O prefeito Isaú Fonseca e o filho dele, vereador Welinton Poggere Góes da Fonseca “Negão do Isaú”, presidente da Câmara Municipal local, foram afastados dos cargos na manhã da terça-feira(26), durante a operação Arcana Revelada contra a corrupção realizada pelo Ministério Público de Rondônia e a Polícia Civil. Quem assumiu o comando do município foi o vice-prefeito, Joaquim Teixeira.

 

Propina

 

Além de Isaú Fonseca e filho(Foto) também foram afastados dos cargos o ex-Procurador-Geral do município e dois vereadores de Ji-Paraná. Os motivos da ação, segundo o MP-RO, com as investigações iniciadas há mais de um ano, foram com base em um esquema de corrupção, onde se exigia o pagamento de propina para facilitar e agilizar o pagamento de créditos judiciais.

 

Vários Crimes

 

Servidores e advogados tinham que concordar em dividir os honorários com os agentes públicos que participavam do esquema. Os envolvidos devem responder por crimes como: corrupção ativa e passiva, concussão, extorsão, tráfico de influência, perseguição e lavagem de dinheiro.

 

Segunda Vez

 

O interessante nessa história de terror da Prefeitura de Ji-Paraná, é que Isaú Fonseca já havia sido afastado em julho de 2023, na Operação Horizonte de Eventos, deflagrada pela Delegacia de Repressão ao Crime Organizado, que investigou licitações fraudadas, direcionadas para a compra de luminárias de LED, causando um prejuízo estimado em aproximadamente 17 milhões de reais aos cofres do município. Depois de 5 meses fora do cargo, Isaú retornou à prefeitura, após decisão liminar proferida pelo STF. Se tudo isso se confirmar, parece que ele não aprendeu a lição, mesmo! Lamentável! Ji-Paraná não merece passar por isso!

 

Bancos

 

O economista Eduardo Moreira, do Instituto Conhecimento Liberta, fez um cálculo interessante de quanto, somente os quatro maiores bancos brasileiros, lucram todos os dias. Pasmem! Segundo ele, são 400 milhões diariamente para a conta dos bancos. 15 dias do bancos sem lucrar, não digo perder, seriam R$6 bilhões. O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) investiu, no ano passado, R$ 5,5 bilhões para alimentar estudantes em todo o país. O que um banco produz? Há algo de muito errado nessa divisão! Pense!

 

 

Outra seca

 

Amigos, se preparem! Se a seca do ano passado no Rio Madeira causou choque e espanto, esse ano tem tudo para ser ainda pior. As análises feitas por órgãos que monitoram o clima na Amazônia, apontam para um verão mais rigoroso em nossa região. Essa semana o gerente regional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia – (Censipam), Caê Moura, participou do Programa Conexão Rondôniaovivo. Na conversa com o jornalista Ivan Frazão falou sobre os preparativos para COP 30, em 2025, na cidade de Belém, e também sobre os efeitos dos eventos climáticos extremos em Rondônia. Assista aqui!

 

Breno Azevedo

 

A Coluna Semanal dá os parabéns ao professor Breno Azevedo, da Faculdade Católica de Rondônia, pelo sucesso na defesa do doutorado, ocorrido na última semana. Mas do que merecido é a garantia de mais um doutor em Direito passando o que sabe aos alunos.

 

1964

 

Neste 31 de março, o Brasil lembra os 60 anos do golpe militar, ocorrido em 1964, que mergulhou o país em uma ditadura que durou até 1985. Para alguns foi uma revolução e para muitos uma virada de mesa que deixou de legado, um país desigual, pobre e cheio de contrastes que saltam aos olhos. A data merece uma análise mais profunda de nossa história e o questionamento sobre que país desejamos construir.

 

Autismo no Shopping

 

Autismo é o tema do ciclo de palestras que o Porto Velho Shopping está promovendo em parceria com a incluTEA, que atua com pessoas com Transtorno do Espectro Autista. O slogan do evento é "Valorize as capacidades e respeite as singularidades", e acontece nos dias 30 e 31 de março, que acontece no 1° piso, em frente ao Tudo Aqui. Participem!

Direito ao esquecimento
Como você classifica a gestão de Aldo Júlio em Rolim de Moura?
Qual pré-candidato à Prefeitura de Ariquemes tem sua preferência?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS