BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CACOAL: Prefeita diz que não há mais leitos disponíveis na UTI de município

"O município tem feito a sua parte, com orientações à população e trabalho de equipes, mostrando o perigo que estamos vivendo”

folha pimentense

05 de Junho de 2020 às 10:12

Atualizada em : 05 de Junho de 2020 às 10:14

Foto: ilustrativa

 

FOLHA PIMENTENSE - Em mais uma live via Facebook na noite da última quinta-feira, 4, a prefeita Glaucione Rodrigues, de Cacoal, informou o número de casos de pacientes com a covid-19 nesse município.

 
De acordo com a prefeita, de quarta para esta quinta-feira, foram identificados mais 8, totalizando 82 infectados. Também explicou que há 622 casos suspeitos, 509 descartados, 47 curados, 01 morte.
 
Entretanto, informou uma situação alarmante: não há mais nenhum leito disponível na UTI de Cacoal. Ela ficou preocupada com essa questão e pediu apoio do Governo do Estado.
 
“Não foi criado hospital de campanha em Cacoal. Há uma necessidade do Estado se movimentar mais e que foquem nessa parte. O município tem feito a sua parte, com orientações à população e trabalho de equipes, mostrando o perigo que estamos vivendo”, ressaltou.
 
Ela disse que, conforme anúncio de técnicos do Estado, o pico da pandemia ocorrerá em 20 de junho em Rondônia. “É necessário recua e ficar em casa. As pessoas precisam cuidar de suas famílias. Está tendo infecção comunitária; é necessário usar máscara para fazer suas caminhadas, para ir ao passeio público, por exemplo”, salientou.
 
A mandatária municipal alertou as pessoas para a responsabilidade de cuidar suas famílias e disse que continuará apresentando os números dos casos para que as pessoas tenham consciência do Cacoal atravessa.
 
“Não vou maquiar absolutamente nada. As pessoas têm que saber a verdade e o que estamos fazendo”, encerrou.
 
Ela também informou que Cacoal recebeu 3.000 kits de testes rápidos que estão à disposição nas unidades de saúde.
 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS