BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

TRAGÉDIA: Avião cai e mata presidente de clube de futebol e mais 4 jogadores

Em nota, o Palmas Futebol e Regatas confirmou que, por volta das 8h15, deste domingo, ocorreu o acidente aéreo envolvendo o presidente do clube Lucas Meira, quando decolava para Goiânia, para a partida entre Vila Nova x Palmas nesta segunda-feira, 25, válida pela Copa Verde

CLEBER TOLEDO

24 de Janeiro de 2021 às 10:05

Atualizada em : 25 de Janeiro de 2021 às 08:30

Foto: Divulgação

O empresário Lucas Meira, de 32 anos, presidente do Palmas Futebol e Regatas, morreu na manhã deste domingo, 24, num acidente de avião, ao decolar na Capital. Ele é natural de Goiânia e morava em Palmas desde 2007, quando ingressou no curso de Agronomia na Faculdade Católica do Tocantins.
 
 
Para jogo nesta segunda
 
 
Em nota, o Palmas Futebol e Regatas confirmou que, por volta das 8h15, deste domingo, ocorreu o acidente aéreo envolvendo o presidente do clube Lucas Meira, quando decolava para Goiânia, para a partida entre Vila Nova x Palmas nesta segunda-feira, 25, válida pela Copa Verde.
 
 
 
Sem sobreviventes
 
 
O avião em que Lucas estava junto com o comandante Wagner e os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari, decolou e caiu no final da pista da Associação Tocantinense de Aviação. “Lamentamos informar que não há sobreviventes. Neste momento de dor e consternação, o clube pede orações pelos familiares aos quais prestará os devidos apoios, e ressalta que no momento oportuno voltará a se pronunciar”, afirma a nota
 
 
Empreendedor social
 
 
Era empreendedor social, atuou como presidente conselheiro da Renapsi nos últimos anos, desenvolvendo projetos de formação e acesso ao primeiro emprego para jovens de Palmas e de todo o País. Além da ligação com o esporte, era um grande entusiasta da tecnologia, atuando em startups de educação e mobilidade.
 
 
Quase vice
 
 
No ano passado, Lucas chegou a ser aprovado em convenção para ser o candidato do DEM a vice-prefeito de Cinthia Ribeiro (PSDB), mas acabou desistindo por conta de polêmicas envolvendo processos judiciais de que era alvo em Goiânia.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS