ESQUECIDO: R$ 7,5 bilhões ainda podem ser resgatados em sistema do Banco Central

Consulta pode ser feita por pessoas físicas e empresas no Sistema de Valores a Receber

ESQUECIDO: R$ 7,5 bilhões ainda podem ser resgatados em sistema do Banco Central

Foto: Reprodução da internet

O Banco Central informou que ainda há aproximadamente R$ 7,5 bilhões disponíveis para resgate no Sistema de Valores a Receber (SVR), conforme dados referentes ao mês de outubro.

 

Este sistema, uma iniciativa do Banco Central, permite verificar se pessoas físicas, incluindo aquelas já falecidas, e empresas têm algum montante esquecido em bancos, consórcios ou outras instituições financeiras.

 

Dos R$ 7,5 bilhões, a distribuição está da seguinte forma:

 

- R$ 6 bilhões destinados a 40,6 milhões de CPFs

 

- R$ 1,5 bilhão disponível para 3 milhões de CNPJs

 

O Banco Central destaca que 62,98% dos resgates devem ser de até R$ 10, distribuídos da seguinte maneira:

 

Entre R$ 0 e R$ 10: 62,98%

 

Entre R$ 10,01 e R$ 100: 25,71%

 

Entre R$ 100,01 e R$ 1.000: 9,64%

 

Acima de R$ 1.000,01: 1,68%

 

O número de beneficiários varia por faixa de valor a receber:

 

Entre R$ 0,00 e R$ 10,00: 31.390.932 beneficiários

 

Entre R$ 10,01 e R$ 100,00: 12.813.948 beneficiários

 

Entre R$ 100,01 e R$ 1.000,00: 4.806.330 beneficiários

 

Acima de R$ 1.000,01: 835.394 beneficiários

 

Consultas e resgates

 

Até o momento, em outubro, já foram resgatados R$ 5,3 bilhões. Para realizar consultas e resgates, o único site autorizado é https://valoresareceber.bcb.gov.br. Vale ressaltar que, via sistema do Banco Central, os valores só serão liberados para aqueles que fornecerem uma chave PIX para a devolução.

 

Se não houver uma chave cadastrada, será necessário entrar em contato com a instituição para combinar a forma de recebimento ou criar uma chave e retornar ao sistema para fazer a solicitação.

 

No caso de valores a receber de pessoas falecidas, é necessário ser herdeiro, testamentário, inventariante ou representante legal para realizar a consulta, além de preencher um termo de responsabilidade. Após a consulta, é crucial entrar em contato com as instituições onde há valores a receber para verificar os procedimentos necessários.

Direito ao esquecimento
Como você classifica a gestão de Cleiton Cheregatto em Novo Horizonte do Oeste?
Professores e policiais militares devem ter direito à isenção de IPVA?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS