PROCURADO: Filho de ex-deputada Raquel Cândido é acusado de matar homem por política

Walfredo Romano Alves Junior está foragido

PROCURADO: Filho de ex-deputada Raquel Cândido é acusado de matar homem por política

Foto: Divulgação/ Arquivo Pessoal

Walfredo Romano Alves Junior, 52 anos, é suspeito de matar Hernando Antônio da Silva, 36, após os dois se envolverem em uma briga por política durante um churrasco. O caso ocorreu na noite desse domingo (4/2), em Planaltina.
 
A suspeita é que Walfredo tenha acertada Hernando com um tiro de espingarda calibre 12 no peito. A vítima morreu na hora.
 
Após efetuar o disparo, o suspeito fugiu. A coluna Na Mira, do Metrópoles, revelou que Walfredo seria filho de Raquel Cândido. Ela foi deputada pelo PTB de Rondônia entre os anos de 1987 e 1994.
 
Walfredo ocupava um cargo na Administração do Riacho Fundo I desde 2018. Nas redes sociais, ele publicava fotos com o deputado distrital Hermeto Neto (MDB).
 
Procurado, o parlamentar afirmou que o suspeito “sempre foi um cara bacana”, mas que, após o crime, já teve o pedido de exoneração feito. “Álcool e arma de fogo. Essa mistura é terrível”, declarou o distrital.
 
 
O crime
 
O crime ocorreu na QR 6 do Arapoanga. Testemunhas informaram que Hernando Silva morava na região há pouco tempo. Ele participava de um churrasco na casa do autor, acompanhado da namorada. Walfredo Junior estaria assando carne quando começou a discutir com Hernando sobre lotes no Araponga.
 
Hernando dizia que a mãe dele tinha um lote e que o terreno era bom. E Walfredo afirmava que “fulano tinha um lote lá e que também era bom”. As testemunhas relataram que a discussão girou sempre nesse sentido, de quem tinha o lote melhor, e sobre o cenário da política local.
 
Durante a discussão, os dois ficaram em pé, momento em que Hernando teria pedido para ir embora. O autor entrou em casa e voltou vestindo uma jaqueta preta e com uma arma, calibre 12. Ele apontou a espingarda para a vítima e disparou ameaças: “Você quer ser mais homem que eu? Você não é mais homem que eu”.
 
Em resposta, Hernando abriu os braços e disse: “Se você quer me matar, atira!”. O autor, então, encostou o cano da arma no peito de Hernando e desferiu o disparo.
 
 
Sobre a vítima
 
O operador de máquinas pesadas Hernando Antônio da Silva, 36 anos, tinha uma namorada e deixou uma filha adolescente.
 
A vítima morava com um amigo em uma chácara no Altiplano Leste, no Paranoá. Hernando Silva chegou a comemorar o seu aniversário na última sexta-feira (2/2). Nas redes sociais, ele costumava publicar fotos de sua rotina, momentos em família e mensagens motivacionais.
Direito ao esquecimento
Nos últimos 25 anos, qual prefeito de Porto Velho teve a melhor gestão?
Como você classifica a gestão de Alex Testoni em Ouro Preto do Oeste?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS